Marketing para pequenas empresas: O Guia do Sucesso!

Quando falamos em marketing para pequenas empresas, as coisas podem ser mais complicadas do que deveriam. Com recursos financeiros e humanos limitados, não raramente o dono do negócio acumula mais esta função em sua rotina. Para piorar o quadro, ainda falta dinheiro para dedicar às campanhas.

marketing para pequenas empresas

O marketing é a alma de qualquer negócio. Independente do tamanho de sua empresa, número de funcionários, faturamento anual e setor de atuação, você deve investir em marketing. Só assim conseguirá se manter competitivo no mercado e atrair novos clientes.

Isso sem falar que é quase impossível competir com as grandes corporações de igual para igual no marketing tradicional. A menos que você tenha milhões de reais para comprar um spot no horário nobre, é improvável que você atinja uma massa com seu marketing. Será mesmo?

Marketing para pequenas empresas na internet

Por sorte, a internet trouxe uma série de vantagens para as pequenas empresas e boa parte delas ligadas a forma de fazer negócios. Com ela surgiu a democratização do marketing, e agora qualquer negócio pode competir pela atenção do usuário de forma igualitária.

Mas como usar o marketing digital a favor de sua empresa, economizar com essa estratégia e fazê-la funcionar em seu negócio? Neste artigo vou apresentar um pequeno Guia para as pequenas empresas para que você inicie com o pé direito no marketing online. Vamos lá?

banner conteúdo estratégico

1. Crie um blog e site

O primeiro passo para colocar o seu negócio na internet de vez é começar pelo seu espaço na Web. O site ou blog de sua empresa é um terreno próprio. Nele você dita as regras, decide o que vai publicar ou não e tem quase total controle. Sendo assim, sua estratégia de marketing digital deve ser focada neste pré-requisito.

Comece por criar um blog ou site para sua empresa. Hoje é possível fazer isso de forma grátis e na internet você encontra muitos vídeos para ajudá-lo nesta tarefa. Em nosso blog, por exemplo, há um artigo completo ensinando como você pode criar um blog passo a passo. Dê uma olhada! 🙂

Mas se você não tem experiência nenhuma com internet e não gosta de colocar a mão na massa, pode contratar uma criação de sites profissional. Apenas não deixe de contemplar esta etapa importante no marketing de sua pequena empresa. Afinal, a maioria das pessoas recorre à internet para fazer pesquisas antes de fechar uma compra, não é mesmo?

Agora imagine quantas vendas você irá perder se elas encontrarem o seu concorrente ao invés de você? Eu tenho certeza que você não quer correr este risco. Por isso, invista em um espaço na web agradável, adaptável para qualquer dispositivo e otimize as páginas para os mecanismos de pesquisa.

Essas páginas podem se tornar grandes fontes de negócio para sua empresa se bem trabalhadas. Sendo assim, toda a atenção é pouca para garantir que você tem um bom site. Não economize esforços ou recursos nesta hora. Uma economia boba aqui pode custar milhares de vendas lá na frente.

2. Não subestime as redes sociais

Quando o objetivo é impactar o maior número de pessoas possível e se fazer presente no cotidiano de seus potenciais clientes, é impossível deixar de falar das redes sociais. Elas são grandes ferramentas de marketing digital e o principal lugar onde o seu público-alvo está, logo é de suma importância que sua empresa também marque presença nestes locais.

Você não precisa ter uma página no Facebook com milhares de fãs para marcar presença nas mídias sociais. O simples fato de possuir uma conta para sua empresa e manter essas páginas atualizadas, já é suficiente para ser encontrado por sua audiência e gerar negócios através destes sites.

Crie um perfil nas principais redes sociais do mercado como: Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin e Google+. Se você não tem tempo para atualizar todas elas, cogite se dedicar àquelas em que seu público-alvo está com mais frequência. Para isso faça uma pesquisa com seus fãs e descubra quais destes sites eles preferem.

Outra opção é você contratar a gestão de redes sociais para o seu negócio. Além de manter esses canais atualizados, o gerenciamento das mídias permite o mapeamento de oportunidades, prevenção e contorno de crises, aumenta a prova social do seu negócio e ajuda a distribuir o seu conteúdo.

Além disso, as mídias sociais ainda contribuem para um relacionamento mais íntimo com os clientes e fãs de sua empresa. E quando me refiro a fãs não estou dizendo apenas os seguidores nas redes sociais, mas sim as pessoas que realmente admiram o seu negócio e possuem paixão pelo seu produto ou serviço.

Aproveite e confira o Guia Absoluto sobre como vender pelo Facebook e impulsione o seu negócio na web.

3. Invista no marketing de conteúdo

banner conteúdo estratégico

Felizmente as pequenas empresas têm notado o potencial da internet para impulsionar os seus resultados no marketing. A maioria já completou os dois passos anteriores, o que já é um grande avanço. Porém, algumas delas ainda insistem em negligenciar o marketing de conteúdo.

Ter um site ou blog na internet e marcar presença nas redes sociais, de nada adiantam se você não gerar conteúdo de qualidade. Os seus potenciais clientes precisam de motivos para acompanhar a sua empresa e gostar de você. O marketing de conteúdo pode ajudá-lo com isso. Com ele você pode criar conteúdo de qualidade e com estratégia para o seu blog e também para as redes sociais de sua empresa.

Caso você não saiba como fazer isso, pode contratar uma agência de marketing de conteúdo ou optar pelos redatores freelancers. Apenas tenha em mente que, de um jeito ou de outro, você vai precisar gerar conteúdo de qualidade para se destacar da concorrência.

Do mesmo modo, a geração de conteúdo é a melhor forma para colocar o inbound marketing a serviço de seu negócio. Com uma estratégia eficaz e consistente você consegue atrair, converter, fechar e fidelizar os seus clientes de forma mais rápida e natural.

O marketing de conteúdo também é uma das ferramentas de marketing digital mais baratas da atualidade e com retorno muito maior. Esse fator torna ainda mais fácil para adotá-lo como estratégia de marketing para pequenas empresas. Experimente!

4. Anúncios também são bem-vindos

Os resultados orgânicos podem demorar um pouco para surtir efeito em sua estratégia de marketing digital. Neste caso, se você precisa de retorno rápido os anúncios podem ser grandes apostas. Através deles você consegue gerar tráfego para o seu site, criar uma lista de contatos e até mesmo promover ofertas especiais de sua empresa.

No entanto, nem tudo são flores quando falamos em anúncios. Investir no Facebook, por exemplo, pode ser um tiro no pé se você não faz ideia de como proceder. É preciso que você entenda como funcionam os anúncios na maior rede social do mundo e tenha, pelo menos, um pouco de conhecimento sobre o assunto.

Caso contrário isso pode levar toda a sua verba de marketing e não trazer nenhum resultado. Para ajudá-lo, veja o artigo para iniciantes Como anunciar no Facebook. Esta rede social é a maior fonte de tráfego atualmente, mas você precisa desvendar os bastidores para que ela funcione em seu negócio.

Assim como os outros passos deste guia, você também pode contratar empresas especializadas em anúncios patrocinados. Porém, recomendo que pesquise com cautela e verifique a experiência do prestador de serviço escolhido. Eu já ouvi muitas histórias de pessoas que investiram fortunas em agências deste segmento e se arrependeram mais tarde.

Uma grande dica é optar por agências focadas em resultados. Nessas empresas o foco é criar resultados para seus clientes e não ganhar dinheiro em cima de seu investimento. Isso transmite mais tranquilidade para você e também garante que você terá retorno deste investimento. Aliás, questionar sobre o ROI da campanha é a primeira coisa que você deve fazer antes de contratar qualquer empresa.

5. Cuidado com o Branding

O maior erro de marketing para pequenas empresas é investir tempo e dinheiro apenas no Branding. Não há nenhum problema em investir em sua marca, porém quando se é pequeno e tem pouca verba para investir, o melhor é você focar em estratégias que tragam resultados mais rápidos para sua empresa.

Além disso, uma boa estratégia de branding inclui outros fatores de seu negócio, internos e externos, que nem sempre poderão ser controlados e financiados por uma pequena empresa.

A Coca-Cola, por exemplo, é um dos Cases mais famosos em branding. Ela faz questão de tornar a sua marca visível sempre que possível. Para isso ela patrocina eventos e investe pesado em marketing.

Mas o que poucas pessoas sabem é que o sucesso da Coca-Cola não está ligado apenas ao branding bem feito. Ela dispõe de uma estrutura gigantesca com a qual consegue colocar o produto em nossa frente a todo o momento. Mesmo em lugares mais remotos, o refrigerante de cola mais famoso do mundo consegue chegar e se manter a frente de nossos olhos.

Agora me diga você pequeno empresário conseguiria investir milhares de reais no branding do seu negócio, torná-lo conhecido e ainda contar com uma logística poderosa como a Coca-Cola? É bem provável que não!

Por isso, você deve tomar cuidado com esta estratégia. Trabalhar a sua marca deve ser consequência de seu marketing e atendimento bem feito, mas o foco principal do marketing para pequenas empresas deve ser gerar resultados.

Dica bônus: Mantenha-se informado!

banner conteúdo estratégico

Eu acredito que esta dica bônus é muito poderosa. Se você deseja ter resultados com o marketing digital e todas as suas nuances, precisa se manter atualizado sobre o que acontece em volta desta estratégia. Exatamente por esse motivo, eu recomendo que você acompanhe blogs sobre o tema, participe de treinamentos e faça tudo para aprender mais.

O marketing digital e a internet são muito voláteis. Seria um grande erro você acreditar que o que aprendeu uma vez poderá ser aplicado pela vida toda. Deste modo, mantenha os seus olhos ligados para a mudança e antecipe-se a elas.

Uma boa ideia é assinar a nossa newsletter para não perder nenhum conteúdo que publicamos aqui no blog. São textos sobre marketing digital, geração de conteúdo, vendas, SEO e muito mais. Inscreva-se e receba esses conteúdos toda Sexta-Feira em seu email gratuitamente.

Conclusão

Como você viu o marketing para pequenas empresas não precisa ser tão difícil assim. Quando você aprende a usar as ferramentas e a estratégia correta, os resultados aparecem mais rápido e com menos investimento. Tudo o que você precisa fazer é aproveitar as oportunidades que as grandes empresas não conseguem, ou não querem enxergar.

Porém, jamais tente chegar ao mesmo nível das grandes corporações, pelo menos não no início de seu negócio. Lembre-se que esses negócios possuem capital para investir, um departamento de marketing e contam com as melhores agências do mercado.

Por outro lado, você também pode se aliar a pequenas agências e ver os seus resultados crescerem. Como esses especialistas possuem um número menor de clientes, eles costumam ter um atendimento personalizado e buscam cumprir seus objetivos. Assim fica mais fácil negociar o que você precisa e obter o retorno que deseja.

Outro ponto que você não deve negligenciar é o relacionamento. Para uma grande empresa manter as coisas nos eixos é muito complicado. Quanto mais você cresce mais clientes insatisfeitos coleciona e tratar com essas crises iminentes pode ser muito trabalhoso.

Sendo assim, aproveite o tamanho modesto de seu negócio para se relacionar com seus potenciais clientes. Ofereça um pós venda incrível e aposte no atendimento de alta performance. Ah, e sempre entregue mais do que prometeu.

O marketing boca a boca ainda continua sendo a melhor forma de ganhar clientes, principalmente na era digital. Desta forma, você não deve abandonar as velhas, mas muito eficazes práticas de tratar o seu freguês como um rei. Afinal, cliente satisfeito retorna e traz mais amigos, não é mesmo?

Gostou dessas dicas e quer ter acesso a um plano prático para atrair mais clientes e vender mais em seu negócio? Inscreva-se no Curso Conteúdo Estratégico e descubra como até duplicar suas vendas em 12 meses. Cadastre-se grátis agora mesmo!

banner conteúdo estratégico

COMO TRANSFORMAR CONTEÚDOS EM DINHEIRO NO SEU NEGÓCIO?

César Ribeiro

Avatar

César Ribeiro é o CEO do RedatorOnLine.net e consultor de marketing para pequenas empresas e profissionais liberais. Atua com marketing digital e marketing de conteúdo há mais 8 anos. Autor, empreendedor e apaixonado pela internet.

Website: https://redatoronline.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *