Marketing de conteúdo

10 mitos de marketing de conteúdo para você abandonar hoje mesmo!

Redator OnLine
Escrito por Redator OnLine em 23 de fevereiro de 2017
10 mitos de marketing de conteúdo para você abandonar hoje mesmo!
Junte-se a mais de 8.500 pessoas

Entre para minha Lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como qualquer outra estratégia que gera resultados fantásticos, alguns mitos de marketing de conteúdo também existem. Afinal de contas, que estratégia consegue gerar 4x mais visitas para o seu site e 5x mais leads?

mitos de marketing de conteúdo

No entanto, se você quer impulsionar suas vendas com o marketing de conteúdo precisa se livrar desses mitos. Por isso, veja neste artigo os 10 mitos de marketing de conteúdo mais comuns e os abandone hoje mesmo. Está preparado?

1. Só é preciso ter um blog!

A maioria das pessoas acredita que ter um blog já é suficiente para fazer marketing de conteúdo em seu negócio. Realmente o blog é o pilar fundamental desta estratégia. Nele você consegue unir diferentes conteúdos e escorar todo o seu planejamento.

No entanto, nem só de blog vive o marketing de conteúdo. Para impulsionar os seus resultados é preciso investir tempo e dinheiro em diferentes ferramentas e canais. Você não precisa trabalhar com todos eles, mas quanto mais variedade tem sua estratégia, mais pessoas chama para o negócio.

2. Só serve para SEO!

Ligado ao mito de marketing de conteúdo anterior, esse é ainda mais bizarro. Para alguns o único objetivo do marketing de conteúdo é chegar às primeiras páginas do Google. Obviamente, isso acontece de forma natural, mas não é o objetivo principal de sua estratégia de conteúdo.

O maior intuito dos conteúdos que você gera deve ser educar o cliente, resolver os problemas de sua persona e ajudá-los a comprar. O SEO é importante para atrair pessoas de forma orgânica para o seu site, mas o seu foco principal deve ser o público-alvo. Não adianta ter conteúdos otimizados para SEO, mas que não ajudam ninguém!

3. Gerar conteúdo já basta!

Sim, algumas pessoas infelizmente ainda pensam assim. Esse é mais um daqueles mitos de marketing de conteúdo que podem levar sua estratégia para o buraco. O marketing de conteúdo vai muito além de publicar alguns textos no seu blog, vídeos no Youtube ou manter suas redes sociais atualizadas.

É preciso ter um método para fazer com que tudo funcione. E como qualquer outra estratégia de negócio exige planejamento, criação, distribuição e especialmente a mensuração. Sem acompanhar os resultados gerados pelos seus esforços você nunca saberá se está funcionando ou não. E olha que apenas 38,7% das empresas medem o ROI de sua geração de conteúdo.

4. É apenas para gerar leads!

A geração de leads é muito importante para sua empresa e já falamos sobre isso em outro artigo no blog. Mas o que você deve ter em mente, é que esse não é o único objetivo do marketing de conteúdo. Não adianta você ter milhares de pessoas em sua lista e não conseguir vender para elas.

Por esse motivo, a sua estratégia de conteúdo atua nos diferentes níveis do funil de vendas. Ela deve facilitar todas as etapas do processo de vendas e assim aumentar as suas conversões. Não se engane, marketing de conteúdo que não gera vendas não passa de publicação grátis. Fique atento!

5. Devo promover o meu negócio sempre!

Entre os maiores mitos de marketing de conteúdo, com certeza esse é o mais conhecido. Muitos empreendedores confundem geração de conteúdo de qualidade com assessoria de imprensa. As duas coisas são importantes para o crescimento do negócio, mas apenas uma delas se encaixa no marketing de conteúdo.

A verdade é que ninguém gosta de conteúdo umbigocêntrico e não estão nem aí para sua empresa, produto ou serviço. A sua persona busca em seu conteúdo soluções para os problemas dela. Qualquer coisa fora disso, não vai gerar resultados para o seu negócio e muito menos atrair as pessoas para sua empresa.

6. Não funciona para todo mundo!

Se você também pensa assim, não é culpa sua. A nossa primeira reação a coisas novas é duvidar que elas possam funcionar e também questionar as nossas habilidades. E mesmo com de 70% das empresas brasileiras usando marketing de conteúdo, um número muito grande ainda não adota esta estratégia.

Entre os negócios que não usam marketing de conteúdo, o principal motivo é o desconhecimento da estratégia (54,3%). Esses dados foram apresentados pela Rock Content na Content Trends 2016 e ilustram muito bem esse mito de marketing de conteúdo. O conteúdo se baseia em educar e gerar valor na vida das pessoas para depois vender. Sinceramente, não há como duvidar que isso funcione em qualquer negócio.

7. Quanto mais conteúdo melhor!

Existe uma ligação entre o número de conteúdos que você gera e os seus resultados, é verdade. Mas isso tem relação direta com a probabilidade. É a mesma coisa que dizer que quanto mais você anda de carro, mais riscos têm de sofrer acidentes. As duas coisas realmente possuem um fundo de verdade!

Contudo sua estratégia de conteúdo não deve ser baseada na quantidade de publicações, mas sim na qualidade do conhecimento. Milhares de posts medíocres em seu blog, por exemplo, terão menos resultados que algumas dezenas de conteúdo de qualidade. Você deve tentar escalar a sua estratégia sempre que possível, mas faça isso sem afetar a qualidade de seus conteúdos.

8. Demora muito tempo!

Esse é um dos mitos de marketing de conteúdo ligado ao item 2. Como o SEO acaba se tornando a única forma de distribuição de conteúdo para a maioria das empresas, os resultados demoram a aparecer. Mas você não precisa depender do Google para atrair novas pessoas até o seu blog ou redes sociais.

Mesmo com um pequeno orçamento para mídias pagas é possível gerar bons resultados. Você pode impulsionar suas publicações no Facebook, por exemplo, e atrair novas pessoas para o seu conteúdo. Assim além de distribuir seus materiais, suas chances de vender também aumentam.

9. Meu negócio é offline, então não funciona para mim!

Alguns mitos de marketing de conteúdo são difíceis de ignorar. Mas quem deseja realmente ter sucesso com esta estratégia precisa se livrar das crenças limitantes. Uma dessas crenças é que o marketing de conteúdo só pode ser aplicado na internet ou para negócios online.

A linha entre o mundo “real” e o virtual esta cada dia mais fina. Plataformas como o Facebook e outras, têm encontrado maneiras de conectar esses dois mundos. O marketing de conteúdo também tem essa capacidade. Talvez você ainda não saiba, mas a primeira vez que ouvimos falar do que hoje foi nomeado de marketing de conteúdo, data do século XIX. Mesmo antes da internet essa estratégia já era aplicada, o que prova que qualquer negócio pode se beneficiar dela.

10. Apenas o tráfego é importante!

Assim como uma lista grande não é suficiente, um tráfego absurdo em suas páginas também não. Tenha em sua mente que visitantes em seu blog ou site não pagam contas, a menos que você venda publicidade. Porém, mesmo assim, se as pessoas não clicarem nos anúncios ou comprarem dos anunciantes eles vão deixar de vincular campanhas em seu domínio.

Tráfego é importante, mas você precisa focar na qualidade e não em quantidade. Não adianta trazer as pessoas erradas para consumir o seu conteúdo. Você precisa ter sua persona bem definida, atrair e engajá-la com sua marca. Só assim as vendas vão começar a surgir em seu negócio.

Depois de ver esses 10 mitos de marketing de conteúdo, esperamos que você esteja disposto a colocar o marketing de conteúdo em funcionamento em sua empresa. Se ainda não fez isso, baixe o Guia de Implantação Grátis do Marketing de Conteúdo. Aprenda nesse ebook o passo a passo para criar uma estratégia de conteúdo infalível.

guia de implantação marketing de conteúdo

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.