O que é email marketing e como fazer passo a passo?

Uma pesquisa do Comitê Gestor de Internet no Brasil, IBGE e Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística; revelou que os brasileiros acessam a internet por causa dos seus emails. Ou seja, o email ainda continua sendo uma grande fonte de informação e, segundo a pesquisa, a maioria das pessoas ainda o acessa com muita frequência.

o-que-e-email-marketing-e-como-fazer

Este fator só confirma o fato que eu já mencionei em outros artigos: o email marketing não morreu e ainda tem muita força no marketing das pequenas e médias empresas.

Contudo, confundir esta prática, regida pelo Código de Autorregulamentação para a Prática de Email Marketing (CAPEM), com o famoso e odiado SPAM é uma linha muito tênue. Alguns empreendedores e profissionais de marketing nem percebem quando cruzam essa linha e acabam jogando os seus esforços de marketing de conteúdo por água baixo.

Então, como você pode fazer um email marketing passo a passo sem se tornar chato ou ser taxado de SPAMMER pelos seus clientes ou leads?

Essa resposta não é tão simples quanto parece. Existem uma série de regras e boas práticas que podem melhorar o seu desempenho com o email, mas conhecer a definição deste termo corretamente e tomar alguns cuidados antes de iniciar esta estratégia, podem ser úteis neste processo.

Por conta disto, neste artigo vamos ver o que é email marketing e como você pode fazê-lo passo a passo, e do jeito certo, dentro de sua empresa. Vamos lá?

O que é email marketing?

Segundo o CAPEM, email marketing são mensagens enviadas através da internet por meio de correio eletrônico, com o objetivo de promover produtos ou serviços, ou ainda com o intuito de criar relacionamento com uma base de contatos ou realizar o atendimento ao cliente.

Em seu site, o código ainda lista 10 passos simples e muito práticos para você entender mais sobre essa prática e, inclusive, as formas para que o disparo de emails para sua lista não seja caracterizado como SPAM. Apesar da versão original em PDF conter 8 páginas, os passos listados pelo órgão ajudam a compreender de forma mais rápida os temas abordados no Código.

A principal diferença do email marketing para o SPAM pode ser observada pela obrigatoriedade de consentimento do destinatário para receber os emails. Isso quer dizer, que segundo o CAPEM, a sua lista de contatos precisa solicitar o recebimento de suas mensagens e este consentimento precisa ser explicito, ou seja, comprovado de alguma forma.

A exigência do opt-in, como o Código trata este consentimento, só é dispensada em casos onde o remetente possui relação direta com o destinatário. É o que ocorre, por exemplo, com o disparo de emails para uma lista de clientes de sua empresa. Mesmo assim, o Código salienta a importância da apresentação de algum documento que comprove tal relação, como um contrato de compra e venda, prestação de serviços, ou termo de seu site.

Além disso, o Código ainda faz uma série de exigências para quem deseja usar o email marketing como estratégia de marketing digital. Entre elas estão: os termos de uso dos dados da sua lista, uma política de opt-out, um link clicável ou não para descadastramento da lista e assim por diante.

Você pode ver a lista completa de exigência no site do CAPEM, clicando aqui.

Como fazer email marketing passo a passo?

O objetivo deste artigo é listar alguns passos a serem tomados antes de aplicar o email como estratégia de marketing em sua empresa. Se você quer saber como melhorar os seus resultados com o email marketing, por favor, leia o artigo 7 Dicas para sua empresa fazer email marketing do jeito certo.

A verdade é que a forma como você inicia esta estratégia pode influenciar e muito os seus resultados, além do fato que se você fizer algo errado pode correr o risco de ser chamado de SPAM ou ser denunciado aos servidores de email. E acredite, você não quer fazer parte da lista negra dos serviços de email!

Para contornar isso veja abaixo 5 passos para fazer email marketing passo a passo, aumentar suas vendas com essa estratégia e, ao mesmo tempo, evitar incomodar os seus leads ou prospects.

1. Escolha da ferramenta

A primeira coisa a levar em conta antes de começar com o email marketing em sua empresa, é a escolha de uma Empresa de email marketing. Segundo o CAPEM, está é uma pessoa jurídica que fornece o serviço de gestão de suas campanhas e deve possuir uma estrutura própria, ou seja, servidores e IPs dedicados.

Na prática, a ferramenta de email marketing deve ser simples, ter boa taxa de entrega dos emails e um bom custo-benefício.

Existem várias no mercado e você vai precisar pesquisar para ver qual delas lhe atende. Eu, por exemplo, uso o LeadLovers, mas com certeza você vai encontrar outras opções para sua empresa na internet.

Apenas tenha em mente que a sua lista de contatos é o maior ativo de sua empresa, então não a coloque em qualquer lugar e nem arrisque o seu relacionamento com os seus contatos, combinado?

2. Ter um domínio próprio e email personalizado

Desde 2010 o uso de domínio próprio passou a ser obrigatório segundo o Código de Autorregulamentação para a Prática de Email Marketing. Isso quer dizer que para usar o email marketing em sua empresa você deve registrar um domínio e configurar o SPF (Sender Policy Framework) em seu serviço de hospedagem.

O Código dispensa a necessidade de um site ativo para fazer email marketing, mas sua empresa deve ter o registro do domínio e usar um endereço de email personalizado, como por exemplo, suaempresa@suaempresa.com.br.

Esse fato também contribui para profissionalizar sua estratégia de email marketing e evitar cair na pasta de SPAM dos serviços de email. Então, se você ainda não registrou um domínio veja neste vídeo como fazer.

3. Criar uma lista

Agora que você selecionou a melhor ferramenta de email marketing, registrou o seu domínio e criou um endereço de email personalizado para sua empresa, você precisa ter uma lista de contatos para se relacionar com as pessoas.

Caso você já tenha uma, basta importar para dentro de seu autoresponder, desde que a empresa escolhida suporte esta função, é claro. Mas se você está começando e ainda não tem lista, o que fazer?

Neste caso, você vai precisar criar a sua lista de emails do zero. Para isso, será necessário ter uma página de captura, outra de confirmação e uma de agradecimento ou download. Se você decidiu usar o LeadLovers como eu, ele fornece a opção para criar essas páginas tudo em um só lugar através de suas máquinas.

Mas é lógico que as pessoas não vão simplesmente cadastrar os seus emails na sua página, não sem receber nada em troca. É ai que entra a recompensa digital, um presente que você dá às pessoas que se cadastram em sua lista. Um ebook, na minha opinião, é o formato mais prático e barato de recompensa para sua página de captura e tem uma boa receptividade dos usuários na internet.

Clique aqui para saber O que é um ebook e como criar o seu!

4. Segmentar a lista

Outro passo muito importante na hora de fazer email marketing é a segmentação da lista. Quando você está no início de seu negócio é bem provável que as pessoas estejam no mesmo estágio da jornada do comprador, mas conforme a sua lista cresce você terá de lidar com pessoas diferentes, com interesses e desejos distintos, e em posições diferenciadas.

Por esse motivo, segmentar a sua lista de contatos é uma técnica muito útil para conversar com as pessoas sobre a coisa certa, no momento certo e assim melhorar os seus resultados com o email marketing.

Para isso, você vai usar de tags, links inteligentes, comportamento do usuário, dados demográficos, entre outras informações. Para você ter uma ideia, algumas ferramentas de email marketing possibilitam que você segmente as pessoas que acessam determinadas páginas em seu site ou loja virtual, por exemplo. E lembre-se que conhecimento é poder, principalmente quando falamos de dados e marketing digital. 🙂

Em outras palavras, não tem preço você conseguir saber o que agrada os seus leads, quais páginas de seu site eles mais acessam e, especialmente, qual o produto ou serviço que mais chama a atenção deles em sua empresa.

5. Relacionamento

Até aqui você percorreu um longo caminho e já fez muita coisa, não é mesmo? Mas não pense que o trabalho acabou, pelo contrário.

Agora entra em cena o passo mais importante para você fazer email marketing e ter sucesso com isso: o relacionamento com sua lista. O nível de reciprocidade de seus contatos, o engajamento deles e a possibilidade de compra ou contratação de sua empresa, dependem diretamente do relacionamento que você constrói com sua lista.

Se você aparecer apenas uma vez na vida, na hora de entregar a recompensa digital e nunca mais voltar, eles vão se esquecer de você. E isso é muito ruim. Para evitar isso, você deve usar de sequências de email (follow-ups), mensagens programadas esporadicamente (broadcast), newsletter do seu blog e outros conteúdos para gerar valor na vida de seus contatos e criar um relacionamento íntimo com eles.

Por falar em Newsletter, você já se cadastrou na nossa? Receba conteúdos como esse em seu email, em primeira mão e não perca nada. Clique aqui para se inscrever!

Só assim, será possível realizar algumas vendas no futuro para esse público e garantir que os seus esforços de email marketing sejam recompensados. As palavras de ordem aqui são nutrição de leads e conteúdo de qualidade. Abuse dessas ferramentas para gerar relacionamento e monetizar a sua lista de contatos.

Bônus: Dicas de email marketing

Para turbinar os seus resultados com o email marketing, seguem algumas dicas úteis para você aplicar em sua estratégia:

  • Escolha assuntos chamativos para o seu email;
  • Teste sua linha de assunto com o Teste A/B de sua ferramenta;
  • Faça pesquisas regulares com sua lista para ver o que eles desejam receber;
  • Envie email uma ou duas vezes na semana;
  • Dispare os emails sempre no mesmo horário para que seus leads se acostumem;
  • O horário ideal para disparo é próximo das 8h da manhã, 12h ou 18h da tarde;
  • Invista em webinários, lives, hangouts e outros eventos ao vivo para criar relacionamento com sua lista;
  • Procure responder os emails que seus contatos mandam para você;
  • Não abandone a sua lista;
  • Não exagere com emails de venda ou promoção;
  • Quando alguém sair de sua lista não se desespere, é normal;
  • Etc.

Conclusão

Como você viu neste artigo uma boa estratégia de email marketing pode ser resumida em cinco passos.

Ela começa com a escolha da empresa de email marketing; o registro de um domínio e a criação de um email personalizado; criação da lista; segmentação de seus contatos de acordo com suas informações e interesses e, por último, mas não menos importante, o relacionamento que você cria e mantém com esses contatos.

A partir do momento que as pessoas entram em sua lista de contatos, é importante que você saiba que a nutrição e o relacionamento devem ser constantes. Isso quer dizer que não basta criar uma sequência de emails apenas no período que deseja vender. Você precisa manter esse relacionamento durante todo o período que essas pessoas continuam em sua lista.

Agindo desta maneira você aumenta a sua autoridade e gera reciprocidade, ou seja, os seus contatos receberão tanta informação útil que ficarão ansiosos para recompensar você. Essa recompensa pode se traduzir em seguidores em suas redes sociais, comentários em seus conteúdos e, até mesmo, compras em seu site.

Espero que você tenha gostado deste artigo. Deixe a sua opinião sobre esse passo a passo e, caso tenha dúvidas, aproveite o campo de comentários abaixo para tirar as suas dúvidas e interagir comigo, terei o maior prazer em respondê-lo.

Quer ajudar seus amigos? Compartilhe este artigo em suas redes sociais, eles podem estar precisando ler essa informação. 🙂

Junte-se a mais de 575 alunos e descubra como atrair mais clientes com o marketing de conteúdo!

César Ribeiro

Avatar

César Ribeiro é o CEO do RedatorOnLine.net e consultor de marketing para pequenas empresas e profissionais liberais. Atua com marketing digital e marketing de conteúdo há mais 8 anos. Autor, empreendedor e apaixonado pela internet.

Website: https://redatoronline.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *