Ecommerce

7 formas de lidar com a queda nas vendas em sua loja virtual

Redator OnLine
Escrito por Redator OnLine em 20 de maio de 2020
2 min de leitura
7 formas de lidar com a queda nas vendas em sua loja virtual
Junte-se a mais de 8.500 pessoas

Entre para minha Lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Apesar de ser um mercado muito promissor, já que tem se tornado essencial em vários nichos, não é raro encontrarmos casos de lojas virtuais que têm sofrido para se manter em atividade e superar a queda nas vendas.

Talvez essa seja a sua situação: investiu dinheiro, coração e alma, mas ainda assim, o negócio virtual permanece estagnado. Não importa o que você faça, seus melhores esforços não são suficientes para gerar resultados positivos.

Apesar de ser um pouco desesperador, não é preciso desistir ainda. De fato, pode existir uma ou várias razões que fazem com que suas vendas sejam relativamente baixas. A boa notícia? Há soluções muito claras que ajudam a melhorar o panorama geral, aumentar suas conversões e, finalmente, levar sua loja virtual ao sucesso.

A seguir, separei alguns pontos essenciais e que devem ser avaliados cuidadosamente no processo de verificação e correção de erros. Acompanhe e saiba identificar o que está provocando a queda em suas vendas online!

1. Entenda a razão

O primeiro passo que você deve tomar é procurar entender os motivos que levaram a queda nas vendas online. Pode ser algo devido às oscilações do segmento e que não seja permanente, pode ser um problema específico como sua conta no Facebook, que gerava conversões e foi bloqueada, ou uma estratégia que não funciona como deveria a exemplo de anúncios que deixaram de performar, dentre outros.

Na internet, há uma série de ferramentas que podem ajudar nas análises para uma conclusão mais detalhada e correta. O Google Analytics, por exemplo, pode auxiliar em verificações por período e por canal.

banner ebook como vender mais

2. Faça remarketing

O remarketing é uma prática muito interessante para quem está tendo problemas com vendas. A ideia por trás dessa estratégia é que você conquiste o usuário que visitou sua loja virtual, mas por algum motivo, preferiu não efetivar uma compra.

Esse método ajuda esse usuário a retornar ao seu site e, finalmente, comprar. Isso porque ele poderá visualizar anúncios relacionados ao seu produto em outros sites e, assim, ele será lembrado de que poderia ter feito a aquisição. Esse processo de “relembrar” é que o faz retornar e ter mais certeza do que quer.

3. Tenha menos opções

De fato, quanto mais produtos você oferecer, maiores serão suas vendas. Por isso, muitas lojas virtuais nem cogitam a possibilidade de limitar um pouco a lista de itens. Porém, o que você deve saber é que, em muitos casos, ter uma variedade muito grande de produtos pode estar fazendo com que a pessoa/visitante seja levada a indecisão, o que resulta em queda nas vendas.

Caso você trabalhe com uma diversidade muito grande de itens, pode ser viável avaliar estruturar sua loja virtual de maneira que menos produtos sejam apresentados aos usuários. Ao fazer isso, é possível reduzir o famoso “olha, mas não compra”.

Por exemplo, ele poderia ter adquirido um produto de R$100, mas na mesma página havia outros de “encher os olhos” de R$1.000,00. O usuário, então, prefere guardar mais dinheiro para essa última compra.

Mas, como sabemos, dificilmente ele volta ou ainda segue no objetivo de comprar em seu site — pode ser que encontre o mesmo item fabricado em paralelo, usado, mais barato no concorrente, etc.

4. Crie promoções relâmpago

Aqui não existe muito segredo e complexidade. As promoções relâmpago ou aquelas que despertam um certo nível de urgência do visitante são excelentes formas de impulsionar as vendas e atrair novos potenciais consumidores.

Você pode aproveitá-las para vender um item que está estagnado ou que sai muito pouco, ou ainda, apresentar um novo produto!

5. Invista em novos canais de vendas

Os canais de vendas consistem de uma série de meios que podem ser usados para que você consiga atingir novas pessoas e transformá-las em clientes. E, depois de um tempo, criar um relacionamento com elas até torná-las fiéis em sua loja virtual.

Cada canal tem suas particularidades, por isso, pense bem nesse ponto antes de partir para um novo projeto.

Por exemplo, o Instagram é ótimo para produtos como roupas, maquiagens, equipamentos eletrônicos e qualquer outro tipo de item que a imagem possa ser valorizada. Agora, se você vende um serviço mais profissional voltado a executivos, por exemplo, é bem provável que o LinkedIn seja a sua melhor opção.

Outra alternativa é fazer uso dos marketplaces que, a cada dia, contam com plataformas mais completas e intuitivas.

6. Melhore seu site

Sites muito complicados e lentos tendem a afastar os usuários. Por isso, procure simplificar ao máximo e não confundir! Imagine que, em sua loja virtual, o botão de lupa seja usado para dar zoom na imagem e também para pesquisar. Essa falta de praticidade confunde o usuário e o deixa mais propenso a desistir da navegação.

Cuide também do carregamento e encontre formas de deixar tudo mais rápido, o Search Console do Google pode te ajudar a obter esses relatórios e saber como corrigir os erros, inclusive.

7. Invista em produção de conteúdo

Uma das bases fundamentais para não perder clientes e ter queda nas vendas é investir na produção de conteúdo. Sabendo como nutrir seu público-alvo com conteúdo relevante você terá em suas mãos uma ótima oportunidade de criar laços e garantir negócios cada vez mais sólidos.

Uma faixa significativa das pessoas que chegam até uma loja virtual, não buscam um produto em específico, e sim alguma informação sobre algo que pretende adquirir. Ao fornecer esse tipo de suporte, o usuário cria uma afinidade com sua loja e termina por colocá-la no topo de sua lista em eventuais compras.

Além disso, o conteúdo também ajudará a sua loja a ser melhor ranqueada nos principais motores de busca, de forma completamente orgânica, atraindo os clientes certos e, assim, fazendo com que a queda nas vendas fique no passado.

Como você acompanhou acima, lidar com as baixas de uma loja virtual é possível. Mas para isso é preciso dedicação e uma boa base de conhecimento! Com isso, tudo ficará mais claro, mais prático e com maiores chances de apresentar resultados positivos.

Quer saber mais sobre o assunto e reverter o cenário de queda nas vendas? Aproveite para baixar gratuitamente nosso ebook sobre como vender mais na internet usando uma estratégia de conteúdo!

banner ebook como vender mais

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *