Marketing digital

Tráfego pago: Tudo o que você precisa saber antes de investir

César Ribeiro
Escrito por César Ribeiro em 18 de março de 2020
2,5 min de leitura
Tráfego pago: Tudo o que você precisa saber antes de investir
Junte-se a mais de 8.500 pessoas

Entre para minha Lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

O maior desejo dos empresários e empreendedores é alcançar novos clientes e aumentar suas vendas. Para ganhar visibilidade e tornar o seu negócio conhecido, você pode adotar estratégias de marketing digital, sendo uma delas o tráfego pago para seu site ou blog.

Dessa forma, o investimento em mídia paga pode impulsionar os materiais produzidos no seu site ou blog, aumentar o alcance desses conteúdos, ajudar a divulgar seu site, entre outras opções. As vantagens do tráfego pago são muitas e podem ser empregadas em qualquer tipo de empresa.

O tráfego em um site nada mais é do que a sua audiência, ou seja, ele é a movimentação de visitantes nesse espaço virtual. Posso dizer que o tráfego é semelhante a uma torcida organizada, ou fãs de uma banda famosa. Assim sendo, o tráfego é muito importante, pois sem essas pessoas não há razão para existir um site ou blog já que suas ações ou estratégias não teriam uma plateia no final.

Um bom tráfego, além de aumentar suas chances de conversão, oportuniza um público-alvo maior e distribui de forma mais eficiente seus posts e conteúdos, gerando um retorno mais rápido para sua estratégia.

Por isso, para te ajudar a começar a investir nessa alternativa criei este guia sobre tráfego pago com tudo que você precisa saber antes de investir. Então, continue lendo este post até o final e saiba mais sobre essa função inovadora. Vamos começar?

O que é o tráfego pago?

O tráfego pago são os anúncios que são produzidos a partir de plataformas específicas que geram acesso rápido para o seu site ou blog, assim, ele é denominado como link patrocinado. Basicamente, é quando você paga para ter mais acessos e visitas no seu site.

O objetivo do tráfego pago é atrair um maior público para visualizar o seu produto ou conteúdo disponível. A principal distinção entre o tráfego pago e o orgânico, é que você paga por cada clique no seu anúncio no caso da primeira opção.

Como o próprio nome já diz, você irá pagar para que mais pessoas visitem a sua página. Com o investimento em tráfego pago você pode impulsionar a entrega dos seus conteúdos.

O investimento em mídia paga também pode impulsionar os conteúdos produzidos em seu blog ao ampliar o alcance desses materiais, divulgar o seu site, ofertar uma promoção, entre outras opções.

banner conteúdo estratégico

Por que investir?

Agora que você já possui mais domínio sobre o que é tráfego pago, vamos conhecer seus benefícios? O tráfego orgânico recorrente é ótimo para o seu negócio, no entanto, consegui-lo não é uma tarefa fácil. Os resultados orgânicos são efetivos, mas funciona principalmente a longo prazo e exige, além de dedicação e estudo, muito planejamento.

Então, se você não possui um grupo de profissionais especializados em marketing de conteúdo, o tráfego pago é uma excelente oportunidade. Uma das vantagens do tráfego pago é que com ele é possível distribuir melhor os seus posts e, deste modo, gerar um retorno mais rápido.

Ao usar o tráfego pago, você será mais visto e poderá gerar mais visitas para o seu site de forma a aumentar o seu prestígio. Além disso, com o tráfego pago você divulgará de forma personalizada o seu anúncio diretamente para o público que possui interesse na sua informação.

Aplicando a estratégia de maneira correta, você terá páginas com o objetivo de relacionamento e conversão de leads. Por isso, o tráfego pago irá gerar um notável crescimento no número de clientes para o seu empreendimento, fazendo com que o seu negócio se torne relevante para o seu cliente em potencial.

Como funciona o tráfego pago?

Para que você entenda como ocorre a execução do tráfego pago é necessário possuir conhecimento sobre as questões técnicas desse assunto. Então vou começar te explicando sobre os anúncios.

Existem duas formas principais de pagar para que seus anúncios sejam transmitidos e levem o tráfego para a sua página:

  • Custo por clique (CPC);
  • Custo por mil impressões (CPM).

A ordem para exibição dos anúncios nos canais é decidida através de um leilão entre as páginas. Por isso, ao decidir usar esse tipo de tráfego na sua estratégia é preciso escolher uma dessas duas opções para dar seu lance.

Depois do seu lance estabelecido você pagará pelo clique que o usuário dá no seu anúncio, ou por aparecer mil vezes para as pessoas da ferramenta de tráfego que selecionou. A posição do seu anúncio irá depender do valor do lance dado na plataforma de anúncios.

Sendo assim, a finalidade de um é gerar o clique e do outro é aparecer o maior número de vezes. Depois de estabelecer o método, basta criar o seu anúncio e realizar as configurações para que ele atinja exatamente o público que você pretende alcançar.

Como começar a usar o tráfego pago?

banner conteúdo estratégico

Agora que você já conhece o que é o tráfego pago e como ele funciona, deve estar se perguntando por onde começar. Antes de começar a investir no tráfego pago você precisa definir alguns pontos para essa campanha.

Para começar a usar a estratégia de tráfego pago você precisa primeiramente entender os problemas do seu público-alvo. Também é importante saber que seu anúncio precisa ser objetivo e sincero, pois é importante manter a ética e criar anúncios verídicos e autênticos.

Por último, é essencial deixar claro qual a ação que você espera do usuário ao ver seu anúncio. Agora confira como começar a usar o tráfego pago.

1. Qual a melhor plataforma para a minha estratégia?

Atualmente, é possível encontrar diversas opções de ferramentas para levar tráfego pago até o seu site, blog ou produto. No entanto, escolher a melhor irá depender de uma série de fatores como o público-alvo, por exemplo. Confira a seguir algumas das principais ferramentas para anúncios.

Google Ads

A plataforma de anúncios do Google é uma das mais usadas e é a partir dela que sua página pode aparecer nos resultados do buscador e em sites parceiros. Com ela é possível segmentar o público que você deseja atingir a partir das buscas que ele faz no Google, ou seja, o que os usuários pesquisam na internet.

Facebook ads

A plataforma de anúncios do Facebook funciona com o Instagram Ads e com ela é possível anunciar seu conteúdo nas duas redes sociais. Esta plataforma pode trazer mais clientes para seu site e aumentar a visibilidade da sua marca. Ela mostra seus anúncios nas páginas dessas duas redes sociais e segmenta o público a partir do comportamento dele nesse site e seus interesses.

YouTube ads

A plataforma de anúncios do YouTube permite a produção e circulação de anúncios a partir da rede social, dentro dos vídeos ou como uma sugestão. Ele é ideal caso o seu conteúdo seja atrair e encantar o seu cliente através desse formato de conteúdo.

LinkedIn ads

Se o seu negócio funciona com a estratégia B2B para atingir diretamente o seu cliente, a rede social voltada para os negócios também possui a sua plataforma de anúncios e, nesses casos, é a melhor alternativa.

Ela possui diferentes tipos de anúncios e oferece a possibilidade de anunciar na timeline, na barra lateral e até como mensagem na caixa de entrada. A segmentação pode ser feita por título, nível, função, empresa em que trabalha e entre outras informações.

2. Quanto investir?

Para começar a investir em tráfego pago você pode iniciar aplicando o quanto você tem e ir aumentando conforme for obtendo resultado. Ou seja, você que escolhe quanto quer investir. Pode ser 5, 10, 15, 1000 reais. O importante é que esse valor não atrapalhe as finanças do seu negócio.

O tráfego pago funciona como um investimento, você não pode usar todo seu dinheiro em uma única coisa. Esse dinheiro servirá para você testar seus anúncios e decidir qual funciona melhor.

3. Invisto em análise?

Investir em tráfego pago não significa que o seu site ganhará muitos acessos e nem que seus visitantes se tornem clientes. No entanto, essa é uma forma de ajudar a sua estratégia de conteúdo a distribuir de forma correta os seus posts, e a partir daí gerar um retorno mais rápido.

Antes de fazer qualquer investimento, você precisa planejar, produzir um conteúdo estratégico e otimizar o seu site para que ele esteja responsivo às ações de seus visitantes. É necessário pensar na experiência do seu público-alvo para então investir no tráfego pago.

Além do mais, é preciso analisar suas campanhas através das plataformas de anúncios para identificar se seus investimentos estão realmente funcionando e quais precisam ser alterados. Só dessa forma você entenderá o que deu certo e o que deu errado.

Conclusão

Se você chegou até aqui, já aprendeu todos os detalhes do tráfego pago. Você aprendeu o que ele é e como funciona. O tráfego pago é uma forma de entregar o seu conteúdo para o seu público específico e aumentar a sua visibilidade mais rápido.

Uma dica importante para você começar a investir no tráfego pago é saber que cada plataforma é única e possui um objetivo diferente. Anunciar no Google é diferente de anunciar no Facebook. As pessoas que usam esses canais também podem ser diferentes.

Por isso, você deve analisar minuciosamente qual delas supre melhor os objetivos e necessidades do seu negócio.

Essa dica vale para as necessidades do seu público-alvo e como você deve entregar esse conteúdo para ele. Então, quanto mais você estudar e analisar o seu público e as plataformas de tráfego pago, maiores serão as chances de sucesso do seu anúncio.

Você gostou deste conteúdo sobre tráfego pago? Assine a minha Lista VIP e receba novos conteúdos em primeira mão.

banner conteúdo estratégico

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *