Envio de email marketing: Como não cair na caixa de SPAM?

O envio de email marketing é muito comum na maioria das empresas e trata-se de umas das ferramentas de vendas mais eficazes. Mas é preciso saber usá-la adequadamente para ter resultados e não acabar caindo na caixa de SPAM de seus contatos.

envio de email marketing como evitar cair no spam

Uma vez dentro dessa pasta muito temida dos serviços de email, suas chances de vender diminuem e sua marca pode acabar no limbo de esquecimento do marketing digital. Com certeza, você não quer correr o risco de ficar para trás e desaparecer da caixa de entrada de seus potenciais clientes, não é mesmo?

Então, veja neste post algumas dicas para melhorar o seu envio de email marketing. Descubra também como evitar cair no SPAM e otimizar a sua estratégia de email. Confira essas dicas agora mesmo e melhore as conversões a partir do email!

Não compre lista de emails, nunca!

A primeira dica sobre envio de email marketing é jamais comprar lista de emails. Essa é, sem dúvida, uma das melhores dicas para não cair na caixa de SPAM dos servidores de email como Gmail, Outlook, Yahoo e outros.

A compra de lista de email tem diminuído, felizmente, mas ainda é um problema sério quando falamos em SPAM. O comércio desses contatos é ilegal e completamente perturbador para o usuário, que recebe as mensagens sem autorização.

Veja os riscos que você corre ao comprar listas de email:

  • Emails inválidos: você paga por uma lista recheada de emails que não existem mais ou nunca existiram. Como esses mesmos contatos são vendidos a diversas pessoas, é provável que o dono da caixa de entrada encerre sua conta para parar de receber SPAM.
  • Armadilhas SPAMMER: são endereços de emails fictícios criados pelos próprios servidores de email, com o intuito de pegar SPAMMERS na rede. É bem provável que exista pelo menos uma armadilha em uma lista comprada, especialmente aquelas com números absurdos de contatos. Uma vez pego nessa armadilha, você entra na lista negra dos serviços de email e adeus à inbox de seus contatos.
  • Queixas de SPAM: como as pessoas não o conhecem há muitas chances de elas marcarem sua mensagem como SPAM. E, como você já deve saber, quanto mais pessoas denunciando as suas mensagens menores as chances de chegar à caixa de entrada dos leads.
  • Baixa conversão: por fim, mas não menos importante, listas compradas representam um péssimo investimento para o seu negócio. Apesar do número considerável de pessoas, a taxa de clientes será muito pequena por causa da falta de interesse delas em sua empresa ou mesmo por não concordarem com seu modo de captação de clientes. Fique esperto!

Receba a permissão do usuário para envio

Como evitar cair no SPAM? Simples, peça a permissão do usuário para enviar emails. E não vale mandar uma mensagem em massa solicitando permissão, o consentimento deve vir antes do disparo ou qualquer montagem de lista.

Como você faz isso? Crie landing pages e formulários de captura em seu site, blog e até nas redes sociais. Ofereça algo de valor às pessoas e as convide para participar de sua lista.

Deste modo, as pessoas que se inscreverem em seus formulários estão realmente interessadas no que você oferece e tem maiores chances de se tornarem clientes mais tarde.

Além de pedir autorização para o envio de email marketing, dê a chance para que o usuário saia da sua lista quando quiser. Ter um link Unsubscribe no corpo da mensagem é indispensável e, inclusive, uma exigência da maioria dos serviços de email.

Com essa ferramenta você deixa a porta aberta para que as pessoas saiam de sua lista a qualquer momento. Também evita ser reportado como SPAM por leads insatisfeitos com o seu conteúdo, mas que não conseguem parar de receber as mensagens.

Lembre-se o controle está nas mãos do usuário e deve permanecer assim para garantir a saúde da sua lista e de sua estratégia de email marketing.

Contrate a ferramenta adequada

Quando você vai fazer um furo em uma parede de concreto, usa uma agulha ou uma furadeira elétrica? A menos que você seja um mago, acredito que escolheu a segunda opção. Mas por que você fez essa escolha, afinal de contas?

Simples, a furadeira é uma ferramenta útil para resolver o seu problema (fazer o furo na parede). Ao usá-la você não só tem mais chances de conseguir concretizar seu objetivo, como também termina esse trabalho de forma mais rápida e eficaz.

No envio de email marketing a mesma coisa acontece. As ferramentas de disparo e automação facilitam o envio de mensagens, gestão de listas, inscrição e remoção de leads, e assim por diante. Ao usá-las você ganha mais tempo para cuidar de outras áreas de seu negócio e ainda profissionaliza a sua estratégia de marketing.

Não se esqueça que essas empresas trabalham com os servidores de email diariamente. Portanto, elas sabem o que funciona e o que precisa ser evitado para não cair na caixa de SPAM. Logo, as suas mensagens já estarão previamente configuradas para ter mais sucesso.

É lógico que o conteúdo fica por sua conta e a forma como utiliza a ferramenta também interfere em seus resultados. Mas usar uma plataforma de email marketing evita que você precise se preocupar com códigos, programação e taxas de entrega. Esses serviços se encarregam da parte chata por você e são mais eficazes do que se você disparar emails direto da sua caixa de entrada, por exemplo.

Configure o DKIM e SPF em seu servidor

DKIM e SPF são chaves criptografadas que fazem a autenticação de seu domínio e do serviço de email que está utilizando. Em linhas gerais, são os códigos que confirmam que o remetente é real. Também deixam claro que o seu email trata-se de uma pessoa autorizada para enviar mensagens em nome de sua marca.

É como se fosse uma assinatura, a mesma que você faz com o seu nome em contratos e documentos oficiais, mas desta vez de forma virtual. Esses códigos sinalizam para os serviços de email que o remetente é confiável, ajudando a classificar as mensagens.

Isso evita que uma pessoa qualquer use o seu endereço de email para enviar SPAM e acabe com sua reputação. Por isso, é muito importante configurar esses itens em sua plataforma de email marketing.

Nem todas permitem esse ajuste, mas recomendo fortemente que busque por uma opção que tenha essa possibilidade.

Nós usamos o LeadLovers por aqui e ele permite esse ajuste. Veja neste artigo como fazer a configuração em seu servidor. Há diferentes hospedagens no post, o que ajuda a configurar essas informações corretamente.

Além de evitar cair no SPAM, essas configurações também deixam seus emails profissionais. Já que para o usuário aparece que o envio de email marketing foi realizado a partir de seu domínio e não da plataforma (mail.leadlovers.com, por exemplo).

Use nome de pessoa como remetente

Essa é uma dica de envio de email marketing que ajuda a combater o SPAM e, ao mesmo tempo, otimiza as taxas de abertura e cliques em seus emails.

Sabemos que pessoas gostam de se relacionar com pessoas e não empresas. Partindo desse princípio suas mensagens de correio eletrônico precisam ser mais pessoais e próximas do lead. Evite mensagens muito frias, enviadas de modo automatizado por remetentes institucionais (contato@seudominio.com, etc.).

Lembre-se que o maior objetivo do email marketing é gerar relacionamento com a sua lista de contatos, para depois vender para ela. E relacionamentos só podem ser criados e mantidos entre pessoas, certo?

Então, crie um endereço de email personalizado para você. O ideal é que apareça o seu nome como remetente e também no endereço. Assim as pessoas sentem que estão falando com uma pessoa real e não um robô, ou uma marca qualquer.

Outro ponto importante é que mensagens transacionais e automáticas, enviadas por servidores e aplicativos, têm mais chances de cair no SPAM. Os servidores entendem que esses lembretes podem não ser importantes ao usuário e não mostram na caixa de entrada.

Além disso, dependendo do volume de mensagens automáticas que você envia, também pode cair no SPAM. Por isso, todo cuidado é pouco. Use a ferramenta adequada, mostre que você é uma pessoa real e autentique seu servidor para evitar problemas.

Cuide com os assuntos das suas mensagens

O assunto de um email é a mesma coisa que um título de um blog post. É a primeira coisa que o lead vê antes de abrir a sua mensagem e ter acesso ao conteúdo completo.

Para otimizar os cliques e aberturas, sua linha de assunto precisa ser interessante e chamativa. Tão atrativa que faça o seu contato clicar no email e ver a mensagem que você enviou para ele. Mas disso você provavelmente já sabe, não é?

O que muitas pessoas esquecem é que o assunto do email também é usado pelos filtros anti spam. Esses robozinhos e sistemas de computador usam pistas no título do email para identificar se ele é, ou não, uma mensagem oportunista.

Portanto, além de pensar em chamadas atrativas e convincentes, preocupe-se também com os filtros de SPAM. Veja se sua mensagem não será barrada nas caixas de entrada por ter um título muito fantasioso, com uma promessa muito grande ou irreal.

Fique de olho no excesso de pontuação usado no assunto também. E dê preferência por colocar o nome da pessoa na linha de assunto para gerar mais engajamento e ganhar pontos com os servidores de email.

Quando possível, faça testes a/b de seus títulos para encontrar as melhores opções para sua mensagem. Leve em conta a taxa de entrega de cada uma das variações e também o engajamento do lead com cada opção. Em seguida, escolha a headline vencedora para protagonizar a sua linha de assunto!

Não use as palavras proibidas, jamais!

Você já reparou em sua caixa de SPAM ou lixo eletrônico? Muitas pessoas se quer sabem onde fica e nunca abriram essa pasta. Mas ela pode lhe trazer grandes aprendizados e mostrar algumas lições para não cair na caixa de SPAM.

Um grande exemplo são as palavras proibidas, termos que já foram usados como tentativa de golpe na internet, e por isso acendem uma luz vermelha nos serviços de email. Não há um consenso sobre a totalidade e a quantidade dessas palavras, mas alguns termos precisam ser evitados.

Entre eles:

  • Grátis;
  • Ganhar dinheiro;
  • Ficar rico;
  • Cifrão de moeda (R$, US$);
  • Crédito;
  • Dinheiro fácil;
  • Promoção;
  • Desconto;
  • Black Friday;
  • Cupom;
  • Oferta;
  • Entre outras.

Essas palavras proibidas devem ser evitadas a qualquer custo em sua mensagem, tanto na linha de assunto como no corpo do email. Se precisar usar, tome muito cuidado com a repetição e as coloque apenas algumas vezes.

No título do email e nas primeiras linhas, no entanto, é bom evitar por termos como esses. Assim você otimiza suas chances de chegar à caixa de entrada de seus contatos e fechar uma venda.

Como essa seleção é feita de forma automática, não há como afirmar com 100% de certeza os termos que serão barrados. Mas fique de olho em sua caixa de SPAM, ali pode ter algumas pistas de novas palavras proibidas.

Teste seus emails antes de enviá-los!

A palavra de ordem em marketing digital é testar, e com o envio de email marketing não poderia ser diferente.

Mesmo seguindo todas essas orientações, sua mensagem pode acabar sendo enviada à caixa de SPAM de seus contatos. E, uma vez lá, seu conteúdo simplesmente desaparece do radar de potenciais clientes.

Sendo assim, é bom ficar de olho se suas mensagens são entregues adequadamente e procurar testar suas campanhas antes de disparar.

Mas atenção: o teste aqui não é o A/B que vimos lá no assunto, ok? Nesse caso você vai analisar toda a campanha para verificar as chances de ela ser entendida como SPAM, pelos serviços de email.

Algumas plataformas de email marketing já oferecem a opção de teste, como o LeadLovers, por exemplo. Mas também há ferramentas específicas e gratuitas para essa finalidade na internet.

A mais conhecida de todas é o Mail-Tester.com. A ferramenta gera um endereço de email temporário, para o qual você deve enviar a sua campanha de email marketing. Em seguida, o serviço avalia a sua mensagem e dá uma pontuação de 0 a 10.

Quanto mais próximo de zero, maiores as chances de cair no SPAM. Quanto mais perto de 10, maior a probabilidade de seu envio de email marketing chegar às caixas de entrada.

O serviço é gratuito e ainda reúne dicas para melhorar sua campanha na forma de um checklist. Aliás muitas das coisas citadas neste post, sobre como evitar cair no SPAM, fazem parte da lista de boas práticas do Mail Tester. Não deixe de conhecer e testar as suas campanhas, combinado?

Envie conteúdo de qualidade e útil para sua lista, sempre!

A última dica para melhorar o seu envio de email marketing e ficar longe do SPAM refere-se ao conteúdo de suas mensagens. Em minha opinião é a melhor forma de evitar cair no lixo eletrônico e causar desconforto em seus usuários.

Se tivesse que resumir todo esse post em apenas uma dica, com certeza seria essa. Afinal, o conteúdo de sua campanha de email diz muito sobre o sucesso ou fracasso dele. Portanto, tenha total atenção nessa parte e não negligencie esse último passo, ok?

Procure enviar conteúdos realmente de qualidade à sua lista, assuntos interessantes de verdade e que ajude os seus leads com algum problema. Eduque a sua lista de contatos, gere relacionamentos com eles e não se preocupe em apenas vender.

Quando você gera valor para as pessoas através do marketing de conteúdo, as suas chances de vender aumentam e a fidelização do cliente também é mais fácil. Sendo assim, fique de olho na qualidade de suas newsletters e se pergunte sempre: “As minhas mensagens ajudam realmente o meu lead?”, “Elas tem qualidade e são úteis para ele de alguma forma?”.

A resposta a essas questões vai ajudar a entender o quanto o seu envio de email marketing é útil para sua base de contatos. Mas não deixe de fazer pesquisas com a sua lista também para descobrir o que eles desejam receber de você. Assim você otimiza os seus conteúdos e resultados!

Otimizando o seu envio de email marketing!

Pronto para colocar essas dicas em prática e evitar cair no SPAM definitivamente? Siga esses passos com muita dedicação e, com certeza, seu envio de email marketing será muito melhor e proveitoso para você e sua lista de contatos.

Que tal continuar recebendo conteúdos como esse direto em seu email? Cadastre-se em minha Lista Vip e seja avisado em primeira mão sobre os novos posts no blog e redes sociais. Inscreva-se agora mesmo!

Junte-se a mais de 390 alunos e descubra como atrair mais clientes com o marketing de conteúdo!

César Ribeiro

César Ribeiro é o CEO do RedatorOnLine.net e consultor de marketing para pequenas empresas e profissionais liberais. Atua com marketing digital e marketing de conteúdo há mais 8 anos. Autor, empreendedor e apaixonado pela internet.

Website: https://redatoronline.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *