Email marketing

Aprenda como implantar a automação de email para vender mais

Redator OnLine
Escrito por Redator OnLine em 13 de maio de 2020
2 min de leitura
Aprenda como implantar a automação de email para vender mais
Junte-se a mais de 8.500 pessoas

Entre para minha Lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Você já pensou na automação de email? Ou melhor, como ela pode ajudar sua empresa? Ao contrário do que muitas pessoas pensam, esse canal continua seguindo firme e forte assim como todas as novidades que surgem e o crescimento exponencial do uso das mídias sociais.

Sua empresa, não importando o segmento de atuação ou o tamanho, precisa, portanto, pensar em como otimizar a comunicação por email. Por ser mais intimista, é uma excelente oportunidade para se conectar, envolver mais clientes em potencial e ter um alcance mais abrangente.

Neste artigo que preparei vou apresentar a você alguns dos principais pontos sobre a automação de email. Além disso, você poderá conferir algumas dicas sobre como implantar e quais cuidados ter. Acompanhe!

O que é a automação de email?

De forma simples, ao automatizar o envio de emails de sua empresa, é possível criar mensagens mais personalizadas para os consumidores e clientes ativos. Ou seja, enviar um conteúdo que eles vão gostar de receber.

A automação de email entra exatamente no ponto em que fazer isso manualmente não é uma ideia muito prática. Afinal, há muito tempo investido que poderia ser usado para algo mais importante.

Esse recurso faz com que os esforços de marketing, por meio desse canal, tenham o potencial de envolver mais pessoas economizando um tempo valioso, promovendo um relativo aumento da eficiência e, claro, o crescimento da receita.

Na realidade, esses são alguns dos principais aspectos que tornam o email automatizado algo tão essencial para qualquer organização.

Confira alguns dos principais benefícios e vantagens que você pode estar perdendo em relação ao email automatizado, caso ainda não o tenha implantado:

· Alcançar mais clientes, especialmente os que fazem uso de dispositivos móveis;

· É possível avaliar de forma mais fácil os resultados obtidos com as campanhas;

· Economiza tempo e dinheiro;

· É possível sincronizar os envios de acordo com o ciclo de compra do cliente;

· Aumenta o impacto segmentado no público-alvo;

· Mais personalização e profissionalismo.

Como implementar a automação de email na empresa?

Algumas das principais razões que demonstram a importância desse recurso, trabalhando de forma automatizada em sua empresa, eu apresentei acima. Agora, confira algumas dicas eficientes de como colocar tudo em prática e promover as mudanças necessárias!

Selecionar uma boa ferramenta

A qualidade da automação de email depende das ferramentas que serão usadas. Por isso, ter uma boa ferramenta garantirá o alto nível de entregabilidade do email marketing. A dica chave, aqui, é investir em uma plataforma conhecida, pois além de ter certeza que a taxa de entrega será alta, ainda é possível reduzir as chances de que problemas ocorram.

Algumas das mais conhecidas e, por isso, confiáveis do mercado, são:

Lembrando que a maior parte dessas ferramentas oferece planos gratuitos ou trials, o que é uma ótima notícia, pois vai te permitir avaliar antes de investir um valor maior.

Quer conferir outras opções de ferramentas? Acesse este post e descubra as melhores plataformas de email marketing para automatizar sua estratégia.

Organizar os contatos

Sem organizar todos os contatos de email, a automação será muito mais lenta e cheia de falhas. Esse é o processo mais complexo e trabalhoso, porém é o mais fundamental de todos, pois é a base de tudo o que você fará depois.

Nessa etapa para a automação de email você precisa fazer um pente fino em todas as suas listas e, então, reunir todos eles em um único arquivo. Feito isso, o resto é fácil: é só utilizar a plataforma escolhida e carregar esse arquivo!

Ter critérios de qualificação

A criação de critérios é outro fator que você não pode deixar de lado. Pode exigir um certo tempo para descobrir os ideais e que melhor se encaixam ao seu negócio, mas eles são essenciais.

O motivo é simples: quando eu tenho tais critérios ou pontos de avaliação o setor comercial que trabalha comigo poderá fazer melhor o seu trabalho.

Você pode dividir os contatos/leads em categorias e, conforme as características que eles apresentarem, será possível perceber se avançaram em seu funil de vendas ou não. A partir disso, você poderá planejar melhor suas próximas estratégias.

Veja uma sugestão de classificação:

1. Topo: aquele lead que, claramente quer comprar e, por isso, deve ser direcionado para a equipe de vendas;

2. Intermediário: são os contatos que ainda não se decidiram e ainda precisam ser melhor trabalhados com conteúdo que os direcionem;

3. Base: eles gostam do que você entrega nos emails, mas ainda não perceberam que precisam de seu produto ou serviço.

Outra ideia é criar pontuações que tenham como base como o contato foi obtido. Por exemplo, se ele veio de um ebook de meio de funil, ele deve pontuar mais que aquele que veio de um ebook topo de funil. Ou seja, quanto maior a pontuação, melhor esse contato precisa ser nutrido para que seja incentivado a avançar para as próximas etapas.

Crie uma equipe de responsáveis

Algumas pessoas se confundem e acreditam que automação de email significa ter uma super inteligência artificial por trás de tudo. Não adianta você seguir todas as dicas anteriores se não tiver uma equipe responsável e capacitada.

A produção de email precisa respeitar alguns critérios para que seja bem-sucedida. Sem um suporte adequado, você pode perder tempo e dinheiro em uma série de erros, tais como:

  • Design estranho e falho;
  • Composição errada do conteúdo para o tipo de campanha;
  • Enviar emails de uma categoria para clientes de outra;
  • Fazer com que suas campanhas sejam consideradas SPAM;
  • Conteúdo sem relevância;
  • Links falhos ou que levam a algo que não tenha relação com o conteúdo.

Há vários outros aspectos, mas por esses exemplos você já percebeu que é importante ter cuidado com quem está por trás do trabalho.

Reuna comentários

As dicas que dei acima irão ajudá-lo a ter um processo mais fácil para implementar a automação de email em sua empresa. Porém, uma coisa simples e prática que pode ajudar ou inspirar campanhas, são os comentários recebidos — redes sociais, blog da empresa, o próprio email e chats.

Ao reunir comentários de clientes é possível avaliar alguns pontos mais recorrentes, o que pode sinalizar um novo serviço ou produto que estão querendo e você nem tinha pensado em oferecer, mesmo tendo a possibilidade.

Por fim, lembre-se que a automação de email não faz milagres por conta própria. Seja qual for a decisão, ação ou campanha colocada em prática, avalie e documente seus resultados. Quando você fizer isso, vai saber o que está funcionando e deve ser continuado, e o que pode ser descartado.

Vale lembrar ainda que a automação de email fica mais fácil com as ferramentas corretas e nós separamos as melhores delas. Clique aqui e confira o post com uma seleção especial!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *