Marketing de conteúdo

Inbound e Outbound: em qual devo investir para o meu negócio?

Redator OnLine
Escrito por Redator OnLine em 23 de setembro de 2020
2 min de leitura
Inbound e Outbound: em qual devo investir para o meu negócio?
Junte-se a mais de 8.500 pessoas

Entre para minha Lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

O marketing de sua empresa pode ser trabalhado de duas formas diferentes. Através do Inbound ou do Outbound Marketing. Enquanto a primeira estratégia visa gerar interesse nos clientes com conteúdos relevantes e atrativos, o Outbound utiliza recursos mais tradicionais. 

Com o crescimento acelerado do uso das mídias digitais, é muito comum que as dúvidas surjam a respeito de qual o melhor método para usar no momento de divulgar a sua marca.

Entendendo os conceitos

De forma resumida, o Inbound espera que o cliente seja atraído através de textos, ações e publicações. Já o Outbound, é uma estratégia ativa, neste método, são criados anúncios e propagandas diretas, como por exemplo, comerciais de televisão.

Vamos conhecer mais a fundo essas suas definições? 

Inbound Marketing

banner conteúdo estratégico

Esta metodologia é responsável por desenvolver técnicas que atraem o consumidor por meio de conteúdos relevantes e de qualidade, gerando um maior conforto e comodidade na jornada de compra. Assim, o lead chega por conta própria. 

O Inbound Marketing surgiu a partir do aumento da busca de informações e avaliações sobre um determinado produto antes de efetuar a compra. Atualmente, cerca de 93% dos processos de compra iniciam através de uma busca online. 

Suponhamos que você possui um consultório de odontologia e deseja aumentar o número de implantes dentários realizados. Com essa estratégia, o ideal seria a criação de textos e conteúdos com palavras-chave que um potencial paciente poderia pesquisar em buscadores, por exemplo, implante dentário preço médio

Confira as 4 etapas da metodologia Inbound: 

– Atração: através de conteúdos de qualidade, os potenciais clientes tornam-se visitantes. O ponto principal é captar estes usuários através de blogs, redes sociais e canais receptivos; 

– Conversão: não basta criar um conteúdo, o cliente deve gostar do que está lendo, assim, ele se converte em lead e passa pelo processo de nutrição; 

– Fechamento: após ter se tornado um lead, é preciso nutrir a relação com essa pessoa. Por fim, é hora de mostrar que você possui aquilo que ela precisa, fazendo com que ela compre e vire cliente; 

– Fidelização: após a compra do produto e/ou serviço, é preciso otimizar a sua relação com o cliente. Vale enviar mensagens via redes sociais, SMS ou até mesmo, e-mails. Tudo para que o cliente tenha uma maior satisfação com o seu produto e se fidelize à sua empresa. 

Como esta é uma estratégia contínua, é preciso ter a ciência de que os resultados serão obtidos de médio-longo prazo. É preciso construir a imagem da sua empresa e também, ganhar relevância em seus conteúdos publicados

Outbound Marketing

A maior parte dos empreendedores acredita que a estratégia de Outbound está ultrapassada e não deve ser utilizada. O que não é uma verdade.

Assim como a TV não fez com que o rádio desaparecesse, o Outbound não vai ser exterminado pelo Inbound. É possível que os dois existam e até mesmo, sejam usados como complementos em uma estratégia de marketing. 

A metodologia do Outbound é o marketing tradicional que tanto conhecemos. Esta estratégia é conhecida por anunciar a marca para os possíveis clientes.

Desde as campanhas em mídias impressas e televisivas, como em ligações de teleatendimento. Atualmente, também é possível fazer isso online, através dos anúncios digitais. 

Vamos ilustrar uma situação de Outbound voltando ao caso de um consultório odontológico. Caso esta empresa deseje fazer o uso desta estratégia, é possível criar anúncios em jornais de bairro de prótese sobre implante dentário ou então, investir em um comercial para que as pessoas sejam fisgadas de forma ativa. 

Porém, é preciso ter cuidado ao fazer este tipo de divulgação. O excesso de ativações  podem ser considerado como spam e o cliente além de bloquear o seu endereço de e-mail e telefone, também fica altamente frustrado com a sua marca. 

Elabore técnicas criativas e chamativas para que o seu anúncio seja assertivo, mas não invasivo. 

As principais diferenças

Inbound

– Comunicação feita de forma indireta; 

– Maior interação com o cliente; 

– Por ser realizado no meio digital, o custo é relativamente mais baixo; 

– Maior engajamento;

– Acompanhamento em tempo real dos resultados.

Outbound

– Comunicação de forma direta;

– Modelo de comunicação em massa e de forma generalizada;

– Resultados de investimentos com velocidade maior;

– Atinge resultados mais rapidamente;

– Pode ser feita também em canais offline.

Conclusão

Agora que você já sabe as principais diferenças entre estas duas estratégias, é preciso ter em mente que não existe a ação perfeita e que gere a receita de sucesso. Cada empresa demanda um tipo de estratégia. Tudo precisa ser levado em conta, o segmento, a localização e o tamanho da empresa. 

Por isso, é importante se atentar a cada característica dessas metodologias e  entender a fundo quais são as possibilidades e qual delas pode gerar maior efetividade e relevância para o seu negócio. 

Conteúdo produzido por Mayara Santos, redatora da empresa Vue Odonto

banner conteúdo estratégico

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *