O que é um conteúdo de qualidade, afinal de contas?

Você deve notar que muito se fala em marketing de conteúdo sobre como produzir conteúdo de qualidade, no entanto, na maioria das vezes, não fica bem claro o que define mesmo a qualidade de um conteúdo.

Antes de qualquer coisa é necessário que você saiba que um conteúdo de qualidade só pode ser criado a partir do momento que você segue à risca os conceitos básicos de marketing de conteúdo. Dessa forma, quanto mais determinado conteúdo agregar valor, mais será a repercussão dele entre as pessoas que estão à procura do assunto!

Mas, você já se perguntou o que é considerado um conteúdo de qualidade? Já parou para pensar por que alguns conteúdos são mais bem posicionados no Google enquanto outros não? São muitas dúvidas que precisam ser respondidas, não é mesmo?

A boa notícia é que este artigo foi feito exatamente para abordar mais sobre esse assunto. Neste post vamos abordar como medimos a qualidade dos textos produzidos por nossa equipe de redatores e quais as principais características de um conteúdo de qualidade. Boa leitura!

Por que podemos falar em conteúdo de qualidade?

Como produzir conteúdo de qualidade é uma dúvida muito comum entre várias pessoas. No entanto, agora você vai poder conferir algumas dicas de como o RedatorOnLine.net produz seus conteúdos de qualidade a fim de te ajudar a fazer o mesmo.

Isso porque produzir conteúdo de qualidade já é o nosso trabalho desde 2014, ou seja, estamos há 4 anos nessa área, atendemos mais de 300 clientes de diversos nichos e nunca recebemos um pedido de reembolso sequer, já que  99% deles ficaram satisfeitos com o nosso trabalho.

Dessa forma, todos esses pontos nos qualificam para podermos falar sobre esse tema e te ajudar a produzir um conteúdo de qualidade. Veja a seguir quais são os aspectos que devem ser levados em consideração na hora de avaliar um conteúdo de qualidade!

Quer saber mais sobre o nosso trabalho? Inscreva-se para ver nossos planos e preços, clicando aqui!

5 Critérios determinantes para avaliar a qualidade do conteúdo

Antes de qualquer coisa é válido ressaltar que todos os pontos que serão compartilhados aqui fazem parte do Sistema Integrado de Pontos (SIP) do RedatorOnLine.net. Ou seja, são utilizados em nossa avaliação interna dos conteúdos.

Para cada artigo a nota é de 0 a 10. É válido ressaltar que para se manter na equipe o redator precisa atingir a média mínima exigida por mês de 8. Entretanto, a nota atual geral de toda a equipe é de 9,1, mesmo os revisores sendo bastante exigentes ao avaliar todos esses critérios. Mais um ponto que atesta a nossa capacidade em falar em conteúdo de qualidade, não é mesmo?

Confira quais são esses critérios, de que forma eles são importantes no momento da produção de conteúdos e como você deve avaliar suas peças com base nesses aspectos:

1. Adequação a pauta/briefing

Antes de começar realmente a produção de um conteúdo de qualidade, é fundamental que tenha todo um planejamento e, consequentemente, a criação de um briefing. Mas, afinal, o que é o briefing?

O briefing nada mais é do que um plano estratégico capaz de facilitar a comunicação e a produção de conteúdos. Também pode ser entendido como uma pauta. Saber o que é e como usar o briefing no marketing de conteúdo é um dos primeiros passos de como produzir um conteúdo de qualidade.

Sendo assim, depois de pronto, o briefing é utilizado para a confecção de um determinado projeto. Ele precisa ser preenchido corretamente e com todas as instruções necessárias. Essa ferramenta determina o que, quando, como, porque e para quem cada conteúdo deve ser produzido.

Por isso a produção de um briefing completo é fundamental, uma vez que ele será o ponto de partida para a produção de um conteúdo de qualidade.

Portanto, é com o briefing que você vai poder entender se o conteúdo atendeu suas necessidades, por exemplo. Nesse ponto você deve avaliar se determinado conteúdo está adequado com o que foi planejado ou não.

banner modelo de briefing

2. Conteúdo inédito

Outro ponto muito importante para determinar um conteúdo de qualidade é ele ser inédito, ou seja, não conter plágio. Isso porque o Google penaliza sites com conteúdos duplicados, você sabia? Além disso, também é possível ter futuros problemas com direitos autorais.

Portanto, nada melhor do que ter um conteúdo de qualidade e inédito em seu site, não é mesmo? Um com a cara da sua empresa e do jeito que você planejou, sem estar igual ou parecido com nenhum outro.

Para avaliar se o conteúdo é duplicado você pode utilizar algumas ferramentas gratuitas online, é muito simples. Basta você copiar todo o texto que foi escrito e colar nessas ferramentas e elas te mostrarão, por exemplo, a porcentagem de plágio e quais partes estão duplicadas de outro site para você mudar. Ou podem mostrar que seu conteúdo é 100% único!

Sendo assim, a avaliação do plágio é uma etapa fundamental para produzir um conteúdo de qualidade. Nunca deixe de conferir se seu conteúdo é único. E mesmo que você tenha escrito o conteúdo do zero, verifique o texto nessas ferramentas para evitar qualquer risco de ser penalizado pelo Google.

3. Produzido na hora certa

O prazo também é algo muito importante para produzir um conteúdo de qualidade! Todos os conteúdos devem respeitar a data estipulada para a produção, sem atrasos. Não se esqueça de que essa data deve ser estipulada já no briefing e em seu calendário editorial.

Atrasos podem fazer com que o timing da pauta seja perdido, especialmente quando o conteúdo é temático e tem prazo de validade ou pode esfriar, como, por exemplo, quando o assunto é sobre as eleições ou a Black Friday.

Para evitar esses problemas e ter tempo de produzir e revisar os conteúdos, é muito importante ter tudo muito bem planejado. Ou seja, uma frequência correta para publicar seus artigos, por exemplo, evita conteúdos de última hora e sem qualidade.

banner modelo calendário editorial

4. Estrutura correta

De nada adianta ter um conteúdo adequado à pauta, inédito e produzido na hora certa se não tiver uma estrutura correta. A estrutura, assim como todos os tópicos anteriores, também é fundamental para um conteúdo de qualidade. O artigo precisa ter introdução, desenvolvimento e conclusão para começar.

Subtítulos bem formatados (h1, h2, h3, etc) também são essenciais. É sempre recomendado que os parágrafos sejam mais curtos, que tenham listas numeradas e tópicos para facilitar a leitura. Além disso, não esqueça de deixar o seu texto o mais escaneável possível, usando frases curtas, diretas e ilustrando com imagens para facilitar o entendimento.

Em alguns casos, pode ser solicitado no briefing que seja grifado em negrito algumas partes que tenham mais importância dentro do texto. Isso também ajuda na hora da leitura!

Dentro da estrutura você também deve observar se há uma correta utilização da palavra-chave e otimização SEO, entre muitos outros fatores. Fique atento!

banner checklist seo

5. Ortografia e gramática

O último critério que deve ser levado em consideração no momento de ver se o conteúdo tem qualidade é a ortografia e a gramática. Todos os textos devem ser lidos e relidos quantas vezes forem necessárias!

Todos os erros de digitação, acentuação, concordância, sintaxe, plural, entre outros mais, precisam ser corrigidos antes da publicação do artigo. Afinal, um conteúdo de qualidade não pode conter erros de escrita, não é mesmo? Portanto, revise o seu texto!

Nesse momento você também pode contar com ferramentas online e gratuitas para te ajudar a conferir os erros. Afinal, alguns podem passar batido no momento da leitura, não é mesmo? Mas, lembre-se: Não é porque você usou uma ferramenta que não vai precisar ler! A leitura é essencial para revisar o conteúdo.

É válido ressaltar que todos os aspectos mencionados são essenciais para a produção de um conteúdo de qualidade e, por isso, o RedatorOnLine.net preza minuciosamente por cada um deles. No Sistema Integrado de pontos nenhum critério é deixado de lado!

Sugiro que você não deixe de abordar e verificar esses critérios em seus conteúdos também.

Outros pontos que afetam a qualidade de um conteúdo

Além de tudo o que já foi citado e explicado, existem outros pontos responsáveis por afetar a qualidade do conteúdo. Tenha sempre em mente que o tempo de produção de um conteúdo não é capaz de determinar a qualidade do mesmo.

Não é porque você demora e pesquisa muito para escrever um determinado conteúdo que significa que ele tem qualidade. Mesmo com todo o tempo perdido pode ser que o artigo, por exemplo, não tenha personalidade e nem gere valor para o leitor. Ou, pior ainda, tenha um título nada cativante.

Portanto, um conteúdo realmente de qualidade também precisa contemplar essas características:

1. Agradar a persona

Em primeiro lugar é claro que você precisa saber e definir quem é a sua persona, ou seja, seu cliente ideal, com quem você vai falar diretamente em seus conteúdos. Saber quais são seus problemas, seus gostos e suas preferências é extremamente importante.

Depois disso fica mais fácil de produzir conteúdos de qualidade voltados especificamente a essa persona. Afinal, é a atenção dela que você quer chamar, não é mesmo? Sendo assim, converse com sua persona ao longo de sua linha de escrita e escreva de forma interessante a fim de agradá-la cada vez mais.

banner definindo persona

2. Usar palavras-chave adequadas

É preciso sempre usar palavras-chave adequadas com o objetivo de otimizar o texto nos mecanismos de busca (SEO), ou seja, fazer com que ele fique melhor ranqueado. Você não deve escolher várias palavras-chave para um único texto, mas apenas uma e utilizar suas variações no decorrer do conteúdo. Assim suas chances de ranquear aumentam!

Essa escolha deve levar em conta o potencial de busca, ou seja, o volume de buscas, a dificuldade em ranquear e, acima de tudo, se a palavra-chave é relevante para o negócio e para o conteúdo que será produzido.

Um erro muito comum é escolher palavras-chave que não têm nada a ver com o conteúdo que será posteriormente criado. E isso acaba dificultando o seu ranqueamento no Google ou, até mesmo, aumentando a taxa de rejeição para o seu conteúdo.

O uso das palavras-chave deve ser feito da seguinte forma: Pelo menos uma vez na introdução do artigo, várias vezes no desenvolvimento – esse número depende da quantidade de palavras total – e pelo menos uma vez na conclusão. Não esqueça de adicioná-la no título principal (H1) e também na URL do conteúdo.

3. Ter uma estratégia de conteúdo bem definida

Definir uma estratégia de conteúdo também não pode ficar de fora na hora de produzir um conteúdo de qualidade. Ou seja, é necessário elaborar um plano de ação com o objetivo de alcançar um resultado específico.

Para fazer uma estratégia de conteúdo bem definida é necessário conhecer o público-alvo, saber o que esse público espera do conteúdo estratégico e depois analisar como produzir este conteúdo a fim de atender às necessidades da persona.

Nenhuma dessas etapas pode ser deixada de fora na estratégia de conteúdo.

4. Ser útil

Um conteúdo de qualidade também precisa ajudar e facilitar a vida do leitor. Em outras palavras, ele precisa ser útil e resolver algum problema. Para isso, mostrar uma dor, ou seja, um exemplo de problema que o seu público pode se identificar e apresentar a solução é uma excelente ideia.

Isso pode ser feito tanto no começo quanto no meio ou no final do artigo, fica a sua escolha. O importante é ter essa proximidade com o leitor. Além disso, não se esqueça de que também é necessário que o leitor sinta facilidade em ler e absorver todo o conteúdo. A leitura deve ser amigável e de fácil compreensão.

Nada de encher o texto de termos técnicos, a não ser que seu público seja mais especializado. Por isso é fundamental conhecê-lo antes de tudo.

5. Gerar valor

Por fim, mas não menos importante, é válido ressaltar que a partir do momento que um conteúdo é criado, seja ele um artigo, um eBook ou até mesmo um vídeo, certo valor está sendo gerado para o público-alvo.

Isso porque o leitor se sente privilegiado por poder ler e, posteriormente, compartilhar esse conteúdo de qualidade em suas redes sociais e saber que, de alguma forma, conseguirá ser ajudado e ajudar outras pessoas!

Sendo assim, aprender a como produzir conteúdo de qualidade é essencial para atrair e fidelizar cada vez mais o seu público. E, até mesmo, converter mais acessos em vendas e adquirir ainda mais potenciais clientes.

Não se esqueça de que você não precisa fazer isso sozinho!

O curso gratuito Conteúdo Estratégico pode te ajudar a compreender todas as etapas do processo de produção de um conteúdo de qualidade, desde o planejamento e criação até a distribuição e a mensuração.  Inscreva-se gratuitamente agora mesmo e junte-se a mais de 400 alunos!

banner conteúdo estratégico

Junte-se a mais de 575 alunos e descubra como atrair mais clientes com o marketing de conteúdo!

RedatorOnline.net

RedatorOnline.net

Dicas, técnicas e sacadas sobre marketing de conteúdo e inbound marketing.

Website: https://redatoronline.net

2 Comentários

  1. Parabéns pelo conteúdo de qualidade de sempre, é de grande relevância para todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *