4 dicas de marketing de conteúdo para pequenas empresas

Pequenas empresas enfrentam muitos desafios e não só no marketing de conteúdo. As grandes corporações dominam o mercado completamente, ditam as regras e, para piorar, você tem que fazer milagre com um baixo orçamento de marketing, ou em muitos casos, nenhum dinheiro disponível.

marketing de conteúdo para pequenas empresas

A corrida pela atenção do usuário é quase injusta para as pequenas empresas. Enquanto as multinacionais estão comprando muito tráfego, investindo milhares de reais todos os meses, o pequeno empreendedor precisa suar a camisa para ganhar alguns pontos com os mecanismos de pesquisa e redes sociais, e assim buscar atrair visitas gratuitas, ou quase, para o seu site.

Em meio a este cenário tão conturbado e concorrido, quais as medidas de marketing de conteúdo para pequenas empresas que mais importam? Veja as nossas dicas abaixo!

1. Compense quantidade com qualidade!

Uma pequena empresa não pode se dar o luxo de contratar uma grande equipe de redatores ou fechar um grande plano de marketing de conteúdo com uma agência. Na verdade, na maioria das vezes, os pequenos negócios nem possuem uma equipe interna de marketing.

Como sabemos que o marketing de conteúdo leva tempo para trazer resultados, as pequenas empresas não podem dedicar parte de seu orçamento para gerar incontáveis peças de conteúdo. Além de sair muito caro, é bem provável que você não consiga manter este ciclo de geração de conteúdo por muito tempo, sem gerar novas vendas.

Então, o que fazer?

banner conteúdo estratégico

Compense quantidade com qualidade. Ao invés de gerar uma pilha de artigos para o seu blog, uma série gigantesca de vídeos para o seu canal do Youtube, ou publicar centenas de vezes em suas redes sociais, foque na qualidade.

Defina uma frequência de publicação entre 1 ou 2 vezes na semana, por exemplo. Selecione os melhores temas para falar neste momento e crie um conteúdo épico. Foque nos artigos com grande profundidade (2000 palavras ou mais), substitua os vídeos curtos por uma Live semanal no Facebook e assim por diante.

Ao fazer isso você reduz os investimentos em artigos para blog, já que vai precisar de apenas 10 artigos por mês e pode contratar uma agência especializada para fazer o trabalho. Com as Live no Facebook, no entanto, você elimina gastos de tempo e dinheiro com edições de vídeo ou equipamentos muito sofisticados, pois, pode usar do seu próprio smartphone ou webcam para fazer a transmissão.

2. Foque na conversão!

Quando se tem pouco dinheiro para atrair tráfego para o seu site, você deve aproveitar as visitas para gerar uma lista de contatos qualificada e obter o maior número de leads possível para a sua empresa. Lembre-se que quanto mais leads, mais oportunidades de fazer vendas!

Ao chegar ao seu site, o visitante tem pouco tempo para continuar nele ou sair em busca de outro conteúdo. Se considerarmos que você seguiu a dica de marketing de conteúdo para pequenas empresas do item anterior, então, você não vai ter muitas dificuldades para convencer o visitante a se tornar um lead.

Mas como fazer isso?

Comece por adicionar formulários e CTAs (chamadas à ação) em seu blog. Convide o leitor a inscrever-se em sua newsletter para receber os seus novos artigos para blog direto na caixa de entrada. Adicione banners, botões e chamadas para as suas ofertas de conteúdo gratuito, ganhe leads e faça as pessoas avançarem no seu funil de vendas.

Transforme os seus artigos épicos em ebooks, whitepapers e infográficos. Como você já possui boa parte do conteúdo, não sairá muito caro para fazer a diagramação do ebook e pode contratar empresas ou profissionais especializados para fazer isso. Um ebook de qualidade e baseado no que realmente importa para sua persona, será suficiente para atrair novos leads.

Não tem dinheiro para criar materiais gráficos? Use as ferramentas gratuitas como o Facebook. Depois de cada transmissão ao vivo o Facebook disponibiliza a gravação do evento, você pode pegar o link da publicação e adicionar em um email para ser entregue após o usuário registrar-se em sua newsletter ou lista de contatos, por exemplo.

3. Conheça a sua persona

banner conteúdo estratégico

Talvez você já esteja cansado em ouvir falar sobre a importância de conhecer a persona de seu negócio, mas acredite, quando falamos em marketing de conteúdo para pequenas empresas essa é a dica mais importante de todas. Aliás, ela deve ser a primeira coisa a ter em mente quando você pensar em usar o marketing de conteúdo em seu pequeno negócio.

Como você não pode gerar muito conteúdo, as peças que você cria devem ser sob medida para sua persona. Devem tratar de um problema real de seu público-alvo e ajudá-lo a resolver verdadeiramente essa situação. Em outras palavras, você deve entregar o conteúdo certo, para as pessoas certas!

Como assim?

Primeiro, conheça quem é de fato a sua persona. Defina a sua persona e procure conhecê-la de forma íntima. Depois, procure descobrir o que chama a atenção deste público, quais as suas dúvidas mais comuns, quais os problemas que eles passam diariamente e que você pode ajudá-los a resolver, quais os seus interesses pessoais e profissionais?

Na sequência, garanta que a sua geração de conteúdo possua as respostas para as perguntas acima. Deste modo, você vai gerar o conteúdo certo, com qualidade e ainda atingir o público ideal para sua empresa.

O que isso quer dizer? Um aumento significativo no ROI (retorno sobre o investimento) de sua estratégia de marketing de conteúdo. Mesmo que você invista muito pouco, está colocando dinheiro nas áreas e pessoas certas, e isso não tem como dar errado.

4. Invista em distribuição, mesmo que pouco!

Um ponto muito importante, quando falamos em produção de conteúdo para pequenas empresas, é distribuir os conteúdos produzidos. É importante que você foque em levá-los até potenciais compradores para que obtenha os resultados que eles são capazes de trazer.

Ao contrário das grandes empresas, que como já vimos geram milhares de peças de conteúdo, o pequeno empreendedor não precisa gerar tanto conteúdo assim. Ele pode focar sua estratégia em algumas dezenas de posts estratégicos para o seu público e objetivo.

Com isso fica mais fácil fazer a distribuição desses conteúdos, já que a verba para promovê-los não será assim tão grande. Algumas dezenas de reais já são suficientes para divulgar seus posts no Facebook e Instagram, por exemplo. Fator mais que suficiente para aumentar o alcance da sua empresa e gerar mais vendas.

É claro que sua empresa deve focar no tráfego orgânico dos buscadores e até das redes sociais. Mas não deixe que seu negócio sobreviva apenas disso. Enquanto as grandes empresas estão gastando milhares de reais em anúncio, a maioria com foco na venda, faça diferente. Foque na distribuição de seus conteúdos, atraia potenciais compradores e crie relacionamento. Esse é o segredo para vender mais e com custo menor.

Conclusão

Como você viu, não é muito difícil fazer o marketing de conteúdo para pequenas empresas dar certo. Tudo o que você tem a fazer é manter o seu foco na qualidade do conteúdo e não na quantidade, abrir boas oportunidades para gerar uma lista de contatos e ganhar mais leads para sua empresa, e por fim, focar nas pessoas certas: sua persona.

Ao seguir essas quatro dicas de marketing de conteúdo para pequenos negócios, você é capaz de aumentar os seus resultados significativamente, sem precisar investir mais dinheiro, contratar mais pessoas ou empresas e, muito menos, usar de ferramentas caras para isso.

É claro que o marketing de conteúdo vai bem além disso, mas seguindo essas dicas você já consegue começar e ficar à frente de muitos de seus concorrentes.

Quer se destacar ainda mais e gerar mais negócios através de seus conteúdos? Então, inscreva-se no Curso Gratuito Conteúdo Estratégico. Aprenda como até duplicar suas vendas com o marketing de conteúdo, criando e operando uma estratégia correta. Cadastre-se gratuitamente!

banner conteúdo estratégico

COMO TRANSFORMAR CONTEÚDOS EM DINHEIRO NO SEU NEGÓCIO?

RedatorOnline.net

RedatorOnline.net

Dicas, técnicas e sacadas sobre marketing de conteúdo e inbound marketing.

Website: https://redatoronline.net

2 Comentários

  1. Direcionar o foco na qualidade é uma decisão muito bem acertada por pequenos empreenderes, pois torna o seu produto ou serviço valorizado e reconhecido no mercado, principalmente no quadro de crise onde nos encontramos. Mesmo com poucos recursos podemos fazer muito e dar o nosso melhor. O cliente ver essas atitudes como positivas e passa a retribuir o esforço tornando-se um lead ativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *