Marketing de conteúdo

Cultura organizacional: Como os conteúdos estratégicos podem ajudar a definir a sua?

César Ribeiro
Escrito por César Ribeiro em 8 de março de 2020
2.5 min de leitura
Cultura organizacional: Como os conteúdos estratégicos podem ajudar a definir a sua?
Junte-se a mais de 8.500 pessoas

Entre para minha Lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Você já deve ter percebido como um bom conteúdo pode aproximar clientes e empresas. Ele pode inclusive fidelizar seus clientes. Um conteúdo estratégico precisa ser pensado e planejado para ajudar internamente e externamente.

O que poucas pessoas sabem é que o conteúdo também é importante na criação da cultura organizacional de uma empresa. Com ele é possível, inclusive, definir qual tipo de cliente, parceiros e colaboradores sua empresa irá atrair.

A cultura organizacional de uma empresa pode influenciar em seus resultados, relacionamentos e até o seu crescimento. Ela tem um papel importante na empresa, pois une todos os envolvidos, como colaboradores e fornecedores.

Atualmente, as empresas, independentemente de seu porte, passam por diversas questões financeiras, estratégicas e até operacionais. No entanto, um ponto que muitas empresas enfrentam dificuldades para definir e alinhar é a cultura organizacional.

As dificuldades começam devido à falta de conhecimento e entendimento sobre esse conceito. Portanto, para saber como lidar com os desafios acerca da cultura organizacional, continue acompanhando esse post, pois irei contar a sua definição, importância, como desenvolvê-la e como o conteúdo é importante para que ela funcione. Vamos começar?

O que é cultura organizacional?

banner conteúdo estratégico

A dificuldade para compreender a cultura organizacional começa no momento em que descobrimos que não existe apenas uma definição para ela. Dessa forma, uma maneira fácil para entendê-la é compreender que ela é uma forma de transmitir os valores da sua empresa de forma prática.

Sendo assim, na cultura organizacional são incluídos itens como as expectativas, filosofia da empresa, valores que direcionam seus membros e até experiências com o mundo exterior. Deste modo, a cultura une as atitudes do ambiente de trabalho, as regras que devem ser seguidas pelo seu time e como será o relacionamento com seus clientes.

Também podem ser incluídas crenças, costumes, hábitos, valores, e diversos outros elementos que tornam a empresa o que ela é. Assim, a cultura é criada por pessoas que estão envolvidas nas atividades da empresa, em especial seus funcionários, por mostrarem como gostariam que a empresa fosse.

A cultura organizacional pode ser resumida a um conjunto de informações que determina como uma empresa funciona na prática. Então, a cultura organizacional é definida pelo que ela exerce no dia a dia junto aos seus funcionários, fornecedores, clientes e não apenas pelo que ela prega em seus manuais e valores.

Vale lembrar que, no caso de pequenas e médias empresas, é muito comum que os valores da empresa sejam os mesmos do empreendedor, ou seja, o dono do negócio. Isso porque, como o empreendimento é relativamente pequeno, tem maior participação do dono na gestão e controle.

Nesses casos, a cultura da empresa também ajuda a alinhar o negócio com aquilo que o empresário acredita. E, também, atrair as pessoas que compartilham do mesmo ponto de vista que o empreendedor.

Importância de a empresa ter uma cultura sólida

Um dos aspectos mais relevantes e difíceis de uma empresa é comunicar aquilo que ela acredita e atrair pessoas que compartilham da mesma filosofia, seja funcionários, clientes ou fornecedores. Um dos benefícios da cultura organizacional é ajudar a melhorar esses processos, além de direcionar relações internas e externas para que seus colaboradores e parceiros sigam um caminho comum.

Dessa maneira, ela pode ser enxergada por gestores como uma forma de alcançar objetivos estabelecidos. Isso é bom tanto para os colaboradores como para a empresa em geral e todos os envolvidos com ela.

Se você está em busca de crescimento e sucesso para os seus negócios, precisa inovar e para que essas mudanças ocorram é preciso começar comunicando os valores que acredita em seu dia a dia.

Depois de entender as estratégias, branding e processos dentro da sua empresa, a cultura organizacional influencia a forma como colaboradores, clientes e fornecedores se relacionam com a sua marca.

A cultura organizacional também pode te ajudar no relacionamento com os seus clientes antigos, além de auxiliar na atração de potenciais clientes que acreditam nos mesmos valores que a sua empresa possui. Assim, você atrai pessoas que estão na mesma sintonia e isso é um ótimo benefício em longo prazo.

Como desenvolver a cultura organizacional?

banner conteúdo estratégico

Agora que você já sabe o que é cultura organizacional e a sua importância, está na hora de unir todas essas informações e definir a cultura organizacional da sua empresa. Para te ajudar a criar uma eficiente, listei a seguir algumas etapas que você pode acompanhar para criar a sua. Vamos começar?

1. Crie um significado

Para começar, você deve definir quais valores deseja que sua empresa passe, deste modo, a forma como almeja que ela seja vista interna e externamente.

Depois dessas informações definidas, você já estará pronto para criar a sua cultura organizacional. É importante que você tenha tudo bem definido para que não ocorram dúvidas nos próximos passos.

Como vimos anteriormente, essa lista de valores e crenças pode e deve ser baseada naquilo que você, como empreendedor, acredita. Afinal, você será o maior defensor da filosofia de sua marca.

2. Defina quem te ajudará

Nesta fase, você pode buscar os funcionários mais engajados e que possuam características em comum com a cultura da empresa e que conheçam tanto seus funcionários como seus clientes. Um exemplo são os gestores e líderes que podem ser chamados para te ajudar durante esse processo a partir de sugestões para aperfeiçoar a ideia que está sendo criada.

Você também deve ouvir seus clientes nesse processo, eles podem fornecer uma visão diferenciada do seu negócio que será muito útil para definir o DNA da marca.

3. Crie seus rituais

Toda cultura é reforçada através de rituais cotidianos e comportamentos que condizem com aquilo que você quer passar. Assim, acontecimentos e eventos que fazem parte da rotina da sua empresa podem reforçar a sua cultura constantemente.

Rituais nada mais são que processos, tarefas e procedimentos que reforçam aquilo que foi desenhado na cultura da empresa.

Digamos que você definiu que um de seus valores é a qualidade no atendimento ao cliente. Logo seus processos devem ser otimizados para esse fim e disponibilizar ferramentas que ajudem a atender seus consumidores da melhor forma possível.

4. Contrate de acordo com a cultura organizacional da sua empresa

Atualmente, com o crescimento acelerado e a necessidade de agilidade na resolução de problemas, é difícil recrutar bons colaboradores. Deste modo, por vezes os funcionários contratados não agem e pensam de acordo com a cultura da empresa. Por isso, para que o seu empreendimento não tenha problemas no futuro, busque alguém que se identifique com a sua marca.

Além disso, a cultura organizacional da empresa, independente de seu porte, deve ser constantemente monitorada para que ela esteja sempre adequada aos seus valores.

5. Divulgue a sua cultura

Depois de criar a sua cultura você precisa divulgá-la para todas as pessoas que têm algum contato com a sua empresa. Faça isso através de seu site, redes sociais, blog, manuais e código de ética de sua empresa.

Ninguém irá saber o que você pensa se você não falar. Por isso a comunicação da cultura organizacional é tão importante quanto sua criação. Deixe essa mensagem o mais clara e acessível possível, deste modo atrai automaticamente pessoas que compartilham da mesma filosofia e evita perder o DNA da sua empresa.

O conteúdo como defensor da sua cultura empresarial

O conteúdo que sua empresa produz é uma ótima maneira para divulgar a sua cultura empresarial e defendê-la. Você pode usar das postagens de seu blog, por exemplo, para reforçar seus pontos de vista e educar o mercado a respeito daquilo que acredita.

Aqui no RO, por exemplo, um dos nossos valores é a produção do conteúdo estratégico. Ou seja, criar o conteúdo certo, na hora certa e para as pessoas certas. Fazemos questão de compartilhar essa visão em nossos conteúdos e também para os colaboradores que trabalham conosco.

Desenvolvi, inclusive, uma treinamento gratuito explicando melhor essa metodologia e como ela funciona na prática. Assim, tanto clientes como colaboradores podem conhecer melhor o método e compreender a cultura do Redator OnLine.

Isso não quer dizer, no entanto, que você necessariamente precisa criar um curso sobre a cultura da sua empresa. Mas, pelo menos, deve deixá-la clara nos conteúdos que o seu negócio produz e também no site institucional do seu negócio.

A melhor parte de usar o conteúdo como defensor de sua cultura organizacional é que você acaba educando seus clientes a comprarem de você. Em outras palavras, eles passam a acreditar e a valorizar as mesmas coisas em que você e sua marca acreditam. Assim, você aumenta o valor percebido de seu produto ou serviço, fideliza clientes e aumenta a satisfação dos seus consumidores.

Depois de todos os envolvidos informados, é importante que as regras sejam claras e que eles sigam essas informações para que a cultura do empreendimento não se perca.

Lembre-se sempre de revisar e monitorar a cultura da sua empresa para se certificar que os valores estão sendo seguidos. Alterar a cultura organizacional também é crucial, assim você irá moldando-a de acordo com a rotina da sua empresa e o crescimento dela.

Conclusão

Como você viu definir a cultura da sua empresa é essencial para que o seu negócio tenha um DNA claro. Da mesma forma, pode ajudar a atrair as pessoas que compartilham do mesmo ideal que você.

O conteúdo pode atuar como uma fonte para divulgar aquilo em que acredita, educar o mercado e consumidores e gerar as vendas certas para seu negócio. É uma excelente ferramenta de comunicação e atração, garantindo que seus colaboradores e parceiros fiquem mais felizes e satisfeitos.

Mas, para ter sucesso na transmissão dessa mensagem, é preciso gerar o conteúdo certo e de forma estratégica. E, nessas horas, o método Conteúdo Estratégico pode te ajudar a alinhar seus conteúdos com sua estratégia de negócio.

Quer saber mais sobre como criar conteúdos estratégicos para a sua empresa, inscreva-se no curso gratuito para empreendedores e descubra como usar o marketing de conteúdo a seu favor.

banner conteúdo estratégico

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *