O que é storytelling e qual o jeito certo de fazer isso?

Que o velho marketing já faleceu e não traz nenhum resultado satisfatório para sua empresa, provavelmente você já sabe. A questão agora é buscar por outros meios que possam atrair seus clientes, fidelizá-los e aumentar as vendas de seu negócio de forma rápida e eficaz. E saber o que é storytelling é fundamental!

o que é storytelling

Enquanto a maioria das pessoas anda de um lado para outro no cenário de marketing em busca do que fazer, e como atingir estes objetivos, um número ainda pequeno de empresas está descobrindo o seu lugar ao sol, como?

É exatamente sobre isso que vamos falar neste artigo, storytelling, a nova forma de deixar a sua marca memorável sem incomodar o seu público-alvo. Quer saber mais, então continue a ler!

O que é Storytelling?

Este termo em inglês está conectado ao sentido de contar histórias. Diz respeito à capacidade de um indivíduo de contar histórias relevantes e com impacto, e nos últimos anos passou a ser muito valorizada no marketing de conteúdo.

Levando em conta que a maioria dos usuários da internet estão muito ocupados para ler toda a infinidade de conteúdo disponível, e que a maioria sequer dispõe de alguns segundos para prestar atenção no que você tem a dizer, sua empresa precisa atrair a atenção de seu público-alvo, mas como fazer isso?

Conte uma história! Envolva a sua persona com uma histórica verídica, envolvente e de grande impacto, fazendo-o lembrar-se sempre de sua empresa e identificar em você a solução para todos os seus problemas. Isto é storytelling!

No entanto, você não pode fazer storytelling de qualquer jeito, a menos que deseja ter resultados medíocres. Qual a melhor forma para fazer isso?

Como sua empresa pode fazer storytelling do jeito certo?

Assim como qualquer coisa na vida, o storytelling só trará resultados satisfatórios se for planejado e feito da maneira correta. Você até pode contar uma história na base do improviso para fazer uma criança dormir, mas quando a reputação e as vendas de sua empresa estão em jogo, é melhor levar um pouco mais a sério, concorda?

Pensando nisso, abaixo seguem algumas dicas para tornar a sua estratégia de storytelling em marketing de conteúdo muito mais eficaz. Veja só!

1. Ela deve interagir com o público

Você sabe qual o principal motivo das pessoas se interessarem por histórias? Simples, todos nós nos identificamos com elas e isto torna mais fácil aceitá-las e acreditar que são possíveis de acontecer.

Desta mesma maneira deve ser o planejamento de storytelling de sua empresa. Contar histórias que possuem vínculos com o público-alvo de seu negócio e acima de tudo, permitir que eles possam interagir com ela.

Experimente contar histórias que envolvam a sua persona e que, em dado momento, seu cliente em potencial possa se pegar pensando: “eu já passei por isso” ou “ele está falando de mim”. Você irá perceber o impacto incrível que irá causar em suas vendas!

2. Precisa conter elementos visuais

Nós amamos texto, assim como você! Mas, é impossível ignorar que as imagens são muito mais eficazes em transmitir histórias e, porque não, contar histórias.

O velho ditado “uma imagem vale mais que mil palavras” não é a toa. Por isso, incluir elementos visuais em sua história ajuda a dar contexto e conectar o seu público-alvo. Inclua imagens, fotografias, infográficos, histórias e quadrinhos e todos os elementos que julgar necessário na sua campanha de storytelling.

Os vlogs, por exemplo, são exemplos práticos de como esta estratégia funciona e pode dar certo para sua empresa. Basicamente, uma pessoa frente à câmera a contar histórias de sua própria vida atrai milhares de pessoas.

Experimente em seu negócio! A melhor parte é que vai precisar de apenas uma câmera e algumas horas para fazer o “milagre” acontecer.

3. Despertar sentimentos

“Atrás de cada tweet, cada compartilhamento, cada visita, cada compra… há uma pessoa.” – Shafqat Islam, NewsCred

Qual a lição que podemos tirar da citação acima? Em marketing de conteúdo estamos falando com pessoas reais, com necessidades, medos e emoções. No storytelling é a mesma coisa e suas histórias precisam impactar o espectador, ou seja, provocar os seus sentimentos e emoções.

Pesquisas confirmam que boa parte de nossas decisões são influenciadas por nosso aspecto emocional, ou seja, pelo menos neste quesito a emoção sobrepõe a razão, tendo maior valia em nossas escolhas.

Procure despertar emoções em seu público-alvo, fazê-los sentir a humanidade em sua história. Como fazer isso? Use dos princípios psicológicos de marketing de conteúdo que já falamos em outro momento. Fatores como desejos ocultos, prova social, compromisso e reciprocidade podem ajudá-lo a ter um storytelling mais eficaz!

4. Usar da realidade

Apesar do termo “story” em inglês estar ligado a contos fictícios, em storytelling a veracidade das histórias importa muito e pode, inclusive, influenciar na eficácia de sua estratégia de marketing de conteúdo.

Use de cases de sucesso de seus próprios clientes para contar histórias reais e de impacto. Esta é a melhor forma de atrair a atenção de seu público-alvo e fazê-los “comprar o seu peixe”. Não existe ninguém melhor para falar de seu produto ou serviço do que as pessoas que já utilizam e conhecem.

Conte a jornada sofredora de sua persona antes de conhecê-lo, diga como eles puderam dar a volta por cima com o seu produto, ou diga-lhes a forma prática que o seu serviço pode ajudá-los e o que precisam fazer para chegar lá. Seja verdadeiro, enfático, mas impactante!

5. Ter um personagem simpático

Alguma vez você já se “apaixonou” por algum protagonista de filme/ novela? Aposto que sim e se você notar, depois deste sentimento a trama ficou muito mais interessante. Em situações como essa o espectador passa a torcer pelo personagem simpático, o que torna tudo mais divertido e agradável.

Se Hollywood utiliza isto há anos em seus filmes, por que você também não pode utilizar em seu storytelling? Este é o ponto, você não só pode como deve usar de personagens simpáticos em suas histórias!

Ao contar a jornada sofredora de sua persona antes de conhecê-lo, por exemplo, faça os seus espectadores enxergarem seu personagem e se tornarem íntimos. Crie uma pessoa real, impactante e visual, faça parecer que eles o conhecem há muito tempo.

Criar este vínculo entre o seu personagem simpático e espectadores de sua história, tornará seu storytelling muito mais eficaz e deixará seu público-alvo mais suscetível a acreditar e interagir com sua empresa.

Então, como anda o storytelling de sua empresa? Quer saber mais e receber conteúdos frequinhos em seu email? Inscreva-se em nossa Lista VIP gratuitamente, agora mesmo!

Junte-se a mais de 390 alunos e descubra como atrair mais clientes com o marketing de conteúdo!

RedatorOnline.net

RedatorOnline.net

Dicas, técnicas e sacadas sobre marketing de conteúdo e inbound marketing.

Website: https://redatoronline.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *