Marketing digital

Venda de ebook: Mitos e verdades que você precisa conhecer para ter sucesso

César Ribeiro
Escrito por César Ribeiro em 24 de maio de 2020
2 min de leitura
Venda de ebook: Mitos e verdades que você precisa conhecer para ter sucesso
Junte-se a mais de 8.500 pessoas

Entre para minha Lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Segundo o último relatório da União Internacional de Telecomunicações, uma das agências da ONU, 51% da população em todo o mundo já está oficialmente conectada à internet. Já de acordo com o relatório Digital 2020: Global Digital Overview, promovido pela We Are Social e pela Hootsuite, a média global de tempo de uso da internet é de 6 horas e 43 minutos por dia, ou seja, as pessoas passam mais de 100 dias conectadas à internet no mundo todo. Devido a isso, as formas tradicionais de publicidade vêm decrescendo, enquanto o marketing de conteúdo, como a venda de ebook, cresce significativamente.

A prova do que eu digo está presente no relatório anual da PO Media, que aponta que o mercado de marketing de conteúdo vem crescendo 15% ao ano, desde 2015. Esse sucesso vem despertando cada vez mais o interesse de pessoas e empresas que desejam investir no ramo. No entanto, a produção e venda de ebook é um tema ainda mais complexo dentro do marketing de conteúdo, pois exige maior aprofundamento quando comparado com os demais conteúdos encontrados pela internet.

Porém há diversas crenças espalhadas pelo senso comum de que a produção e venda de ebook é algo fácil, rápido, que não precisa necessariamente de qualidade, que somente determinados assuntos fazem sucesso ou até mesmo que o ebook deve ser curto, pois as pessoas não estão habituadas a ler.

Pensando nisso, elaborei este post com os principais mitos a respeito da produção e venda de ebook, bem como pontuei fatos verdadeiros sobre esse mercado, baseados na minha experiência de mais de 10 anos no ramo, de forma a sanar qualquer dúvida que você tenha sobre o assunto. Vamos lá?

Mitos a desvendar sobre a venda de ebook

banner como criar ebook exclusivo

Como apresentado acima, o ramo de marketing de conteúdo vem crescendo muito nos últimos anos e isso desperta inúmeras dúvidas e mitos sobre esse mercado. Há diversas ideias equivocadas que, infelizmente, são propagadas por pessoas que não possuem conhecimento qualificado sobre o tema ou experiência no mercado.

Deste modo, separei os mitos mais recorrentes sobre a produção e venda de ebook. Para saber detalhadamente sobre cada um, continue acompanhando este post e boa leitura!

1. É uma maneira fácil e rápida de ganhar dinheiro

Um dos mitos sobre a venda de ebook que mais está disseminado no senso comum é de que a comercialização deste tipo específico de conteúdo é uma forma fácil e rápida de obter lucro. No entanto, essa afirmação invisibiliza um série de questões.

Primeiramente, produzir um ebook de qualidade não é algo fácil. Você deve possuir algum produto que seja interessante para um determinado público. Além disso, também é necessário possuir informações, ou seja, conteúdo que de fato seja útil para os potenciais consumidores.

Deste modo, operacionalizar as etapas de pesquisa do público-alvo e compreender as suas reais necessidades e as potencialidades do seu produto frente à essas necessidades não é algo fácil, bem como realizar uma escrita fluída e que atenda as exigências de ortografia e gramática da língua portuguesa também não são tarefas fáceis.

Além disso, não basta elaborar um ebook que cumpra com todas essas demandas, ainda é necessário investir de forma estratégica na divulgação do conteúdo, para que ele se torne lucrativo para você.

2. Qualquer ebook que eu criar terá sucesso

Outro mito sobre a venda de ebook que se encontra entre os mais recorrentes é de que qualquer ebook terá sucesso. Errado!

Como mencionado anteriormente, para que o seu ebook tenha sucesso é necessário que você possua algo interessante para oferecer a um determinado público, pois se você não possuir algo de valor para comercializar, não fará vendas.

Além de conhecer as necessidades do potencial público consumidor, também é preciso conhecê-lo de forma a saber como se comunicar com ele. Por exemplo, se o seu público-alvo são CEOs de grandes organizações, você sabe que pode utilizar uma linguagem mais formal e culta para se comunicar com eles, no entanto se o seu público for composto por adolescentes é necessário se comunicar de forma mais acessível e até mesmo empregar uma abordagem mais descolada e moderna na comunicação, se for o caso.

Sendo assim, não basta possuir algo interessante para oferecer a um público se você não sabe como se comunicar com esse grupo de pessoas. Resumidamente, para obter sucesso com a venda de ebook é indispensável produzir o material certo, para as pessoas certas e criado da forma correta.

3. A qualidade do ebook não importa

Mais um grande equívoco sobre a venda de ebook é pensar que a qualidade do conteúdo não importa desde que você tenha uma boa página de vendas.

Pense bem: se você possui uma página de vendas bem elaborada e que converte bem, não vai desejar que a má qualidade de um ebook interfira na imagem que você construiu de forma tão trabalhosa, não é mesmo? Portanto, não adianta apenas a página de vendas ser boa e possuir uma boa conversão, se o seu material não é de qualidade, pois as pessoas não voltarão a consumir conteúdos de você.

Da mesma forma, é comum oferecer algum tipo de garantia na venda de ebook. Sendo assim, se o seu cliente não ficar satisfeito com o material entregue a ele pode solicitar reembolso imediato. Fator que pode afetar sua reputação em sites onde se vende ebooks é até causar a suspensão da sua conta e/ou produto.

Desta forma, se você possui condições, invista na produção de um ebook de qualidade, pois nenhuma pessoa ficará contente em investir o seu dinheiro em um ebook e depositar confiança em uma marca e posteriormente se sentir enganada pela qualidade do conteúdo adquirido.

Esse tipo de conduta, além de afastar potenciais consumidores, pode arruinar aqueles clientes fidelizados. E, como você já sabe, fidelizar clientes é o segredo para continuar vendendo de forma mais barata e fácil, afinal as pessoas já confiam você.

4. Os ebooks precisam ser bem curtos

Este é um dos principais mitos sobre a venda de ebook, pois geralmente, pensa-se que as pessoas não gostam de ler. Vamos lá! Se o cliente adquiriu o ebook é porque ele deseja lê-lo, se ele investiu o dinheiro dele é porque ele deseja um conteúdo que aborde o assunto com qualidade e profundidade suficiente para ajudá-lo.

Lembre-se: quem irá decidir o aprofundamento e empenho na leitura é o leitor e não você. Quem comercializa um ebook deve oferecer um conteúdo com todas as informações pertinentes para que o cliente possa resolver uma determinada questão, portanto você não pode limitar o conhecimento do leitor sobre determinado assunto, mas deve auxiliá-lo a obter todas as informações que necessita saber sobre o tema.

Se o cliente adquirir o seu ebook e não ler ele todo, não tem problema. Sua função como produtor, no entanto, é colocar toda a informação que julga necessário para que ele tenha sucesso.

5. Apenas determinados temas fazem sucesso

Por fim, outro grande mito sobre a venda de ebook é pensar que apenas determinados temas, como emagrecimento e ganhar dinheiro, fazem sucesso. As pessoas são diversas e pode apostar que as suas necessidades não se limitam a esses dois temas.

O sucesso de um ebook não está em abordar o tema que você acha que é tendência no momento, mas compreender que você precisa oferecer soluções inovadoras que possam de fato ajudar as pessoas.

Por isso é necessário estar atento, pesquisar e compreender as necessidades das pessoas e as potencialidades que o seu ebook pode oferecer, pois assim você sempre terá um público consumidor e seu material fará o sucesso que você tanto almeja.

Verdades sobre a venda de ebooks

banner como criar ebook exclusivo

Após expor os principais mitos difundidos entre o senso comum a respeito da venda de ebook, irei apresentar 6 fatos verdadeiros e incontestáveis sobre a comercialização deste tipo de conteúdo, baseados em mais de 10 anos de experiência no ramo.

Portanto, não se preocupe com as informações apresentadas acima e não se sinta desmotivado em investir nesse mercado que, como apresentado anteriormente, tem crescido expressivamente no mundo todo. A venda de ebook com certeza é uma alternativa possível, você apenas deve conhecer as estratégias mínimas para realizar esse procedimento de forma segura, qualificada e que apresente bons resultados para o seu negócio. Acompanhe!

1. Vender ebook dá dinheiro

Como exposto acima, a venda de ebook não pode ser tratada simplesmente como uma maneira fácil e rápida de ganhar dinheiro. No entanto, é possível lucrar muito com a comercialização deste tipo de conteúdo, desde que ele seja produzido com qualidade e seja amplamente divulgado.

Portanto, se você realizar uma boa pesquisa de mercado, compreender o seu público-alvo, as necessidades que ele possui atualmente e identificar estratégias para ajudá-lo a superar essas questões, bem como divulgar bem o seu material, com certeza você fará muito dinheiro com o seu conteúdo.

2. Qualquer pessoa pode lançar um ebook

Sim, por mais que você não possua nenhum conhecimento sobre marketing digital, não saiba escrever de forma fluída e adequada às normas ortográficas e gramaticais da língua portuguesa ou até mesmo não disponha de tempo para produzir um conteúdo aprofundado, como é o caso do ebook, você pode terceirizar essa criação, pois há diversas agências que oferecem esse tipo de serviço.

Por exemplo, o Redator OnLine cuida de todo o processo de criação do ebook, desde a seleção do título e tópicos até a diagramação completa do material. Assim, você não tem com o que se preocupar e poderá obter um conteúdo de qualidade.

Além disso, se você dispor de tempo e desejar aprender mais sobre como produzir um ebook de qualidade, há diversas capacitações disponíveis e também existem muitas ferramentas e formas de fazer um ebook, inclusive gratuitas.

Aqui no Redator OnLine eu disponibilizei um Guia de Como Criar um Ebook de Alta Conversão, inclusive. O material foi baseado em mais de 10 anos de experiência e depois de criar mais de 230 materiais com sucesso.Portanto, acesse e confira agora mesmo!

3. Posso começar com pouco dinheiro

Sim, não é necessário uma quantia expressiva de dinheiro para produzir um ebook. No entanto, como em qualquer negócio, não basta você investir sempre o mínimo que você possui, mas investir cada vez mais, conforme a proporção dos ganhos forem aumentando.

Deste modo, você vai agregando cada vez mais valor na elaboração de seu ebook, mas sem meter os pés pelas mãos e acabar gastando mais do que deveria ou menos.

4. Vou precisar divulgar o meu livro

Correto! Como mencionado anteriormente, não adianta seguir todas as recomendações da produção qualificada de um ebook e não divulgá-lo suficientemente. Portanto, é fundamental fazer com que as pessoas conheçam o seu material, pois só colocar nas plataformas de venda não basta para gerar lucros com o ebook.

Sendo assim, planeje estratégias de divulgação do seu material, monte um cronograma, compartilhe por todas as redes sociais e demais meios de comunicação que a sua empresa possui.

5. Outras pessoas podem divulgar meu ebook por mim

Verdade! Pode-se possuir afiliados que as plataformas de vendas oferecem ou contratar consultoria de vendas/marketing para ajudar a vender o seu material. O importante é divulgar em diferentes espaços o seu conteúdo de forma que você adquira maiores chances de venda do seu ebook.

6. O meu ebook pode ser escrito por outra pessoa

Com certeza! Atualmente, existem profissionais chamados de ghostwriter, que traduzido literalmente para o português significa “escritor fantasma”. O ghostwriter é um profissional que oferece serviços de produção de livros, artigos, colunas e textos para marketing de conteúdo sem receber créditos pela autoria do material. Desta forma, o escritor fantasma cede os direitos autorais por aquilo que produziu.

O Redator OnLine possui uma equipe de ghostwriters bem preparada para elaboração de ebooks e demais materiais utilizados no marketing de conteúdo. Assim, o cliente não se preocupa com nada e recebe ajuda desde o planejamento até o design do material, algo ideal para quem não sabe como criar ou não tem tempo. Saiba mais!

Conclusão

Esta foi a minha seleção com os principais mitos e verdades a respeito da venda de ebook. Gostou desse conteúdo? Então, se você quer continuar se atualizando e aprender mais sobre o assunto, conheça o nosso Guia para produzir um ebook com qualidade e de alta conversão usando um método eficaz e que já criou mais de 230 materiais com sucesso.

Por fim, espero que os dados sobre o mercado de marketing de conteúdo e os esclarecimentos contidos neste post sobre a venda de ebook possam te ajudar a encontrar meios de investir nesse mercado e proporcionar ainda mais chances de crescimento aos seus negócios ou às suas futuras metas de vendas.

Até a próxima!

banner como criar ebook exclusivo

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *