Como atrair tráfego para o seu site?

Você provavelmente já conhece a importância de atrair tráfego para o seu site. Este é o principal ponto para quem deseja ter sucesso no marketing digital. Afinal de contas, sua empresa precisa ser conhecida na internet para conseguir atrair clientes e gerar vendas.

como atrair tráfego para o seu site

No entanto, gerar tráfego para o seu site pode ser mais difícil do que parece. Além de existir muitas formas para fazer isso, a concorrência pode tornar essa atividade muito árdua. Lembre-se que, na internet, existem milhares de outras empresas buscando gerar mais visitas para suas páginas, assim como você.

Por conta disto, você precisa se destacar em meio à multidão para realmente ter resultados. A única forma de vencer a concorrência é sendo o melhor. Você sabe como atrair tráfego para o seu site?

Se até agora você vinha sofrendo com este problema, pode ficar tranquilo. Neste artigo eu vou mostrar os tipos existentes de tráfego para sites e quais as fontes de cada um deles. Também vamos debater suas diferenças e, principalmente, qual deles é o melhor para o seu negócio.

Logo, se você tem dificuldade em atrair visitantes para o site ou blog de sua empresa, continue a ler este artigo. Nele você aprenderá tudo sobre tráfego e receberá dicas incríveis para aumentar o número de usuários e sessões em seu site. Está pronto? Então, vamos em frente!

Tráfego orgânico

Sempre que falamos em tráfego para o seu site, a primeira coisa que vem a mente é o Google. Isso porque os mecanismos de pesquisa são as principais fontes de tráfego na internet. Através deles o seu usuário pode chegar até as suas páginas rapidamente e consumir o seu conteúdo. Esse é o tráfego orgânico, as visitas vindas dos buscadores como Google, Yahoo, Bing, entre outros.

A principal vantagem das visitas orgânicas é que dispensa investimentos de dinheiro diretamente. Isso quer dizer que você não troca dinheiro por visitas, como acontece no tráfego pago. Contudo, para atrair visitas orgânicas de qualidade você vai precisar fazer alguns investimentos.

Entre os custos envolvidos com o tráfego orgânico estão: marketing de conteúdo, produção de conteúdo e otimização de sites. A menos que você possua tais habilidades, será necessário terceirizar essas atividades. Ao fazer isso, você vai precisar investir uma quantia em dinheiro para manter sua estratégia funcionando.

Apesar de demandar investimentos, o tráfego orgânico ainda continua sendo a forma mais barata de gerar tráfego para o seu site. O maior motivo para isso, é que os custos relacionados ao tráfego orgânico são mais baixos que os anúncios.

De qualquer forma, esta é uma excelente fonte de tráfego para ser estudada por sua empresa. Apenas tenha em mente que os esforços de marketing de conteúdo e SEO costumam ser a médio e longo prazo. Ou seja, você colherá os resultados com o passar do tempo e não de forma instantânea, como ocorre com anúncios.

Mas como colocar o tráfego dos mecanismos de pesquisa a favor de seu negócio? É exatamente sobre isso que vou falar a seguir, fique ligado! Como vimos o tráfego orgânico depende diretamente de conteúdo e SEO, certo? Então, vamos estudar esses dois fatores em detalhes a diante.

Marketing de conteúdo

É praticamente impossível conseguir visitas orgânicas para o seu site, sem uma estratégia de marketing de conteúdo. Apenas através de um plano de conteúdo infalível você conseguirá chegar aos primeiros resultados dos buscadores.

O marketing de conteúdo inclui todo o planejamento necessário para criar conteúdo de qualidade e realmente relevante para as pessoas. Por isso, ele é um aliado e tanto na hora de conseguir boas posições no Google, por exemplo.

Com ele você será capaz de determinar qual conteúdo deve ser publicado, para quem e quais palavras-chave devem ser utilizadas. O marketing de conteúdo também garante que todo o conteúdo gerado em seu blog ajude a gerar mais vendas.

Para fazê-lo funcionar você deve definir a sua persona em primeiro lugar. Em seguida, faça o planejamento, criação e distribuição de seus conteúdos. Caso precise de ajuda, você pode contratar uma agência de marketing de conteúdo para mapear a sua estratégia. Já se o seu problema é gerar conteúdo, redatores freelances também podem ajudá-lo.

Só não esqueça que este é o fundamento do tráfego orgânico. Logo, se você falhar ou fizer algum planejamento errado, toda a sua estratégia irá por água abaixo. Então, não economize tempo e dinheiro nesta etapa, ou pode ter grandes prejuízos lá na frente.

SEO

Um bom conteúdo só pode gerar visitas para o seu site se estiver de acordo com os parâmetros de SEO. Essas são algumas regras que os mecanismos de pesquisa utilizam para classificar e posicionar os seus conteúdos nos resultados orgânicos. É assim que o Google decide quem vai aparecer no primeiro resultado.

Para fazer esta análise os buscadores utilizam de algoritmos, códigos de computador inteligentes. Esses sistemas leem o seu conteúdo e, com base em alguns pré-requisitos, definem o seu conteúdo e relevância. Um dos principais fatores para este ranqueamento são as palavras-chaves, termos de pesquisa utilizados pelos usuários para fazer buscas.

Através dessas palavras ou frases, os sites de busca compreendem o assunto principal de seu conteúdo. Também conseguem definir o grau de relevância de seus textos para cada usuário. Sendo assim, o primeiro fator na otimização de sites é a escolha de palavras-chave ideais para o seu conteúdo.

Então, o primeiro passo é escolher termos de pesquisa com potencial de busca e relevantes para o seu conteúdo. Assim, você melhora as suas chances de atrair tráfego orgânico para o seu site. Depois disso, você só precisa seguir algumas técnicas de SEO para garantir uma posição nos buscadores.

Tráfego pago

A segunda forma de atrair visitas para seu site é através do tráfego pago. Como o próprio nome sugere você precisa investir dinheiro para ter visitas no seu site. É uma compra de acessos em sua página. Você investe determinado valor em anúncios, que retorna em visitas para o seu site.

Como já disse antes, os resultados do tráfego pago vem mais rápido do que no orgânico. Isso acontece, pois você consegue atingir várias pessoas ao mesmo tempo. Além disso, quanto mais dinheiro investe mais pessoas consegue impactar com seu anúncio.

Basicamente, existem duas formas de pagar por anúncios na internet: por visualizações e por clique. Na primeira você é cobrado sempre que seu anúncio for visto por mil pessoas ou de forma percentual. Já na segunda, você paga sempre que alguém clicar em um de seus anúncios.

Você pode anunciar para promover o seu site diretamente, gerar leads ou divulgar uma promoção específica de sua empresa. Só não subestime a importância do planejamento para ter bons resultados com o tráfego pago.

Os seus anúncios precisam despertar a atenção dos usuários para gerar visitas para seu site. Se eles não forem atrativos, ou não fornecerem algo útil, você não terá tráfego no seu site. Por conta disto, você deve conhecer o melhor possível o seu público-alvo para criar anúncios que funcionam.

Outro fator importante na hora de investir em tráfego pago é a escolha da plataforma de anúncios. É necessário conhecer o funcionamento da ferramenta, entender como são feitos os anúncios e as cobranças. Sem esquecer que cada uma delas possui regras específicas e você não pode quebrá-las. Caso contrário, pode ter seus anúncios e até a sua conta bloqueada.

Para você ficar mais tranquilo, vamos entender como funcionam as duas principais ferramentas de anúncios: Facebook e Google Adwords. Abaixo você poderá conhecer um pouco mais sobre cada uma e entender qual delas é melhor para sua empresa.

Facebook

A maior rede social do mundo, também é uma fonte de tráfego pago incrível. Com mais de 1,5 bilhão de usuários, o site de Mark Zuckerberg é uma boa opção para fazer anúncios. Sendo cotado como um dos sites mais acessados mundialmente, as páginas do Facebook podem ser úteis para divulgar sua empresa.

No Facebook você pode segmentar o seu público por interesse, idade, localização geográfica, profissão, relacionamento e muito mais. É uma ferramenta simples e prática para você atingir as pessoas certas.

Os vínculos sociais da rede social ainda permitem que você crie conexões com potencias clientes. Isso também é útil para promover relacionamento e gerar o marketing boca a boca na internet. Além disso, o site suporta diferentes formatos de anúncio, o que o torna compatível com todos os tipos de negócio.

Todavia, anunciar no Facebook não é para todo mundo. Você precisa ter conhecimentos básicos para se aventurar neste site. Caso contrário, pode perder muito dinheiro nesta brincadeira séria. Para quem está começando, sugiro que leia o artigo Como anunciar no Facebook: 5 dicas para iniciantes. Nele você vai aprender como começar com anúncios no Facebook de forma segura.

Google Adwords

Para quem deseja usar o poder do maior buscador do mundo para gerar visitas para seu site, o Google Adwords é uma excelente escolha. Aliando o marketing de busca com sites parceiros, o programa de anúncios do Google é excelente para gerar tráfego pago para seu site.

Nele você pode escolher palavras-chaves relevantes para o seu negócio e criar anúncios para elas. Assim quando o usuário buscar no Google esses termos, os seus anúncios são mostrados acima dos resultados orgânicos. É uma ótima forma de aparecer sempre nos primeiros resultados das pesquisas, sem muito esforço e de forma rápida.

Além disso, seus anúncios ainda podem ser mostrados em sites parceiros do buscador, através do Google Adsense. Esse pode ser o empurrão que faltava para você gerar mais visitas para o seu site.

Assim como o Facebook, no Adwords você também pode segmentar o público. Contudo, a segmentação por dados demográficos pode ser mais difícil, já que exige que o usuário esteja logado para funcionar. Mesmo assim, as palavras-chaves bem escolhidas ajudam a atrair as pessoas certas para o seu site.

No Google Adwords você pode criar anúncios em texto ou gráficos (banners). Porém, as visitas vindas desta fonte de tráfego pago, costumam ser mais qualificadas. Afinal, o usuário está buscando por sua empresa, produto ou serviço.

Qual o melhor tráfego para o seu site?

Depois de ver essas duas fontes de tráfego para site e conhecer as principais ferramentas, talvez você esteja em dúvida. Qual a melhor fonte de tráfego para o seu site? Deve usar tráfego orgânico ou pago?

A verdade é que não existem respostas certas ou erradas para essas perguntas. O que vai determinar a melhor fonte de tráfego para você são seus objetivos, verba disponível e pressa pelos resultados. Esses fatores podem mudar de pessoa para pessoa, logo é uma decisão a ser tomada unicamente por você.

Em outras palavras, se você tem dinheiro para investir e quer resultados rápidos, o tráfego pago é a opção. Já se você não tem dinheiro e não se importa em esperar, tráfego orgânico deve ser a sua escolha. Mas isso não é uma regra, ok?

Você também pode mesclar os dois tipos de tráfego em seu negócio. Ou seja, investir em anúncios de forma pontual e gerar conteúdo ao mesmo tempo para ganhar visitas de forma orgânica. Aliás, em minha opinião essa é a melhor escolha: juntar os dois tráfegos em seu site. Assim, caso precise interromper os anúncios ainda tem as visitas vindas do Google, e vice-versa.

Outra coisa importante a levar em conta é sua expertise. Com qual tipo de tráfego você tem mais afinidade? Como você viu se aventurar sem experiência na geração de conteúdo ou anúncios, pode ser muito perigoso. Então, procure se especializar no tráfego orgânico ou tráfego pago e se dedique a um deles.

De qualquer forma, para ajudá-lo a entender melhor sobre este tema eu gravei um vídeo. Nele você vai ver um resumo do que falei neste artigo e também outros pontos que deve levar em consideração. Então, se você ainda está com dúvidas, veja o vídeo abaixo agora mesmo:

E aí, o que você achou? Sabe qual é o melhor tráfego para o seu site e que se encaixa perfeitamente com sua empresa? E o que você achou desse artigo, ajudou você? Deixe o seu comentário abaixo, eu ficarei muito feliz em conversar com você.

Junte-se a mais de 575 alunos e descubra como atrair mais clientes com o marketing de conteúdo!

RedatorOnline.net

RedatorOnline.net

Dicas, técnicas e sacadas sobre marketing de conteúdo e inbound marketing.

Website: https://redatoronline.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *